3 de nov de 2018

Bio tijolo feito à base de urina humana

Tijolo feito de urina??? Este título me chamou a atenção neste artigo que li AQUI e fui ler com mais calma. Tenho o hábito de pesquisar novidades e novas tecnologias no campo da construção e arquitetura e gosto de compartilhar com que me lê.
Dr. Dyllon Randall e seus alunos, Vukheta Mukhari e Suzanne Lambert


Alunos sul africanos, sob orientação do pesquisador Dr Dyllon Randall da Universidade da Cidade do Cabo desenvolveram um tijolo inovador que mistura areia, bactérias e urina humana.

Segundo os pesquisadores, quando se mistura a urina com as areias e bactérias, a reação química produz carbonato de cálcio. Este processo é análogo ao da formação dos corais nos oceanos.

Um processo de fabricação que reutiliza um resíduo humano (cerca de 25 a 30 litros de urina coletada em banheiros públicos para cada tijolo), que é usada primeiramente para produzir um fertilizante sólido. O liquido que resta passa pelo processo onde as bactérias, através da produção de uma enzima, separam a ureia da urina, formando então o carbonato de cálcio. Este faz com que a areia se solidifique, formando tijolos bastante duros que não necessitam de queima, e que são feitos na temperatura ambiente. 

O odor forte da amônia é um dos senões, mas segundo os pesquisadores, ele acaba em 48 horas.
Pesquisas abrem novos olhares para possibilidades que podem solucionar problemas de moradia e de acesso à materiais. Se vamos construir com nossos próprios resíduos, só o futuro dirá, mas abrir a porta aos aproveitamentos de sobras consideradas nada nobres, pode mudar conceitos e fazer do excremento uma nova possibilidade a ser explorada.

Nos siga também nas redes sociais

Twitter Flipboard Facebook Instagram Pinterest