19 de ago de 2018

Dicas de como evitar o desperdício no Canteiro de Obras - Post Convidado

Sempre tive uma preocupação muito grande com a questão do desperdício. Trago de casa exemplos de ensinamentos de meus pais e levo isso como prática em minha vida pessoal e profissional. Por isso achei relevante a proposta do tema desperdício no canteiro de obras que segue abaixo como postagem convidada do blog ARQUITETANDO IDEIAS. Recomendo também a leitura de Projeto de Habitação mais sustentável



Desperdício no Canteiro de Obras - Modismo ou Arroz com Feijão? 

Autor: Everton Oliveira

O desperdício não é bem-vindo em nenhuma circunstância. Seja ele:
  • Com água
  • Com comida
  • Com energia elétrica
Esse malefício do mundo moderno precisa ser combatido a qualquer custo. As formas de se combater esse problema estão cada vez mais presentes no dia a dia das pessoas e empresas em geral. Minha experiência na Linkedsp, uma empreiteira de serviços rápidos que otimiza seus processos no dia a dia, mostra o quanto isso facilita a economia de recursos como um todo. É bom lembrar que a conscientização é fundamental dentro e fora da construção civil.

Aproveitando para compartilhar conhecimentos, me proponho aqui discutir mais sobre a questão do desperdício no canteiro de obras. A pergunta que fica é: Essa questão deve ser vista como um mero modismo ou como arroz com feijão? Em outras palavras, se é algo apenas de momento ou se é uma coisa que deve estar sempre presente?

Vamos nos aprofundar mais adiante!

Canteiro de obras

É válido lembrar que um canteiro de obras bem organizado é parte fundamental para o sucesso da construção ou reforma.

Na maioria das vezes, todo o armazenamento dos materiais utilizados é alocado dentro desse ambiente. Portanto, limpeza e organização sempre devem ser considerados assunto sério. Caso essa tarefa do dia a dia não seja feita de maneira adequada, riscos à segurança individual e em grupo acabam surgindo, sem contar com os inúmeros prejuízos e perdas financeiras.

Dicas importantes sobre o armazenamento dos materiais

Pedra e Areia: É indicado alocar esses itens “a granel” dentro de baias, assim, toda uma proteção eficiente inibe a ação da chuva (mais forte com a areia), além de dar acesso fácil para os carrinhos de mão.

Argamassas e Cimento: O contato direto com o solo danifica esses tipos de materiais, de forma agressiva e/ou prolongada, sacarias acabam tornando-se inutilizáveis, é bom que elas fiquem sempre em cima de paletes, plataformas metálicas, blocos de cimento ou proteção semelhante.

Blocos e Tijolos: Uma das dicas mais importantes é atender a altura máxima de empilhamento, dessa forma, o número de avarias são diminuídos ao máximo.

Materiais Elétricos: Para a diminuição de perdas, é recomendado que esses itens sejam alocados em locais secos e limpos. A poeira e a umidade excessiva pode danificar alguns desses itens.

Desperdício na construção civil

Na construção civil, um dos desperdícios que pode ser observado com mais facilidade é aquele proveniente da geração de resíduos de construção e demolição (RCD), conhecido popularmente como entulho. Quando esse resíduo é descartado de maneira inadequada, o meio ambiente é quem sofre as consequências.

Outro tipo muito comum são as sobras em compras de materiais ou matérias-primas. No final do projeto, erros sucessivos acabam elevando o número no gráfico de desperdícios.

No ramo da construção civil, um serviço está diretamente ligado ao outro, sendo assim, um erro na fase inicial pode ser prejudicial a todo o restante do processo. Tudo isso afeta diretamente a questão financeira, aumentando os gastos e os prejuízos.

Economia X Desperdício

Inúmeros benefícios são vistos quando todo o processo se interliga para a subtração de um único resultado: Economia.

Pensamos em economizar não somente para ficar bonito na pauta da reunião semanal, mas sim de fato, para contribuir com um amanhã melhor e menos poluído.

É preciso a conscientização de todos para que a economia de recursos naturais cresça sempre mais. Ela pode ser vista no âmbito financeiro, já que evitando o desperdício a quantidade de dinheiro gasto diminui, deixando assim para ser investido em outros momentos após a conclusão da construção de um edifício comercial, por exemplo.

Além disso, o meio ambiente também agradece todas as vezes que a conscientização entra em campo. Com a diminuição do uso de matérias-primas e de recursos naturais, os quais são fundamentais à sobrevivência do meio ambiente e, consequentemente, para a nossa também, todo um ecossistema acaba sendo transformado de forma sutil e natural.


Sendo assim, canteiros de obras limpos e organizados são de longe muito mais seguros e produtivos. Por isso, é válido que sempre que possível, aconteça conversas em grupo para que a mensagem do Desperdício Zero não desapareça com o passar do tempo.


Os assuntos e opiniões em postagens convidadas são de responsabilidade dos autores 
Gostou? Compartilhe em suas redes sociais Nos siga também nos outros canais