Pular para o conteúdo principal

Se essa rua fosse minha....

Quando era pequena gostava de cantar essa musica: 
Se essa rua fosse minha eu mandava ladrilhar com pedrinhas de brilhante para o meu amor passar
De lá para cá nossas ruas foram perdendo identidade e de uns tempos para cá, toda e qualquer segurança. De locais de encontro foram se transformando em locais de passagem. De locais amistosos foram ficando hostis. Esses dias voltei de uma missa com senhoras do meu prédio. Uma missa de sétimo dia em uma Igreja próxima. Saímos sete da noite. Em comboio. Todas foram sem bolsa e com medo...Na mesma rua que eu usava para voltar a noite, bem tarde, da faculdade. A pé. E o único perigo que corria eram as cantadas.
E se alguém conseguisse ladrilhar de esperança as ruas, os espaços, a vida da gente? Enquanto as soluções finais não vem, até porque a gente não tem unanimidade sobre quais seriam, que bacana se as praças se enchessem de gente vibrante e fossem ocupadas pelas almas e corpos que vibrassem em uma sintonia de querer uma rua que fosse nossa...

Foi o que senti nesse fim de semana na #ViradaSustentável desse ano. A caminhada matinal, onde vou sem nada, sem lenço nem documento como os novos baianos dos anos 70, um misto de medo e de vontade de não me plugar, mas sim comungar com o céu e o verde, se vestiu de festa e conhecimento. Ganhei mudas, aprendi a fazer um risoto com PANCs (Plantas alimentícias não convencionais), assisti um ensaio de show, poderia ter feito yoga, meditado, trocado livros e outras mil atividades de quem queria virar a cidade. Tornar e se adonar dos espaços públicos para que cumpram sua missão de locais de convívio. 


Foi com esse espírito que me encantei com essa dica do amigo José Antonio Roig, do excelente blog educacional Educa Tube sobre essa plataforma : Videocamp.com . Lá se pode encontrar vídeos incríveis que podem ser compartilhados com outras pessoas e mesmo solicitados para exibições gratuitas públicas, um excelente meio de fomentar o debate e levar novas ideias à mais pessoas. Dentre esses vídeos me encantei com esse sobre mobilidade urbana que tem tudo a ver com o que falei acima. O resgate de nossas ruas para nós ladrilharmos com amor para que a sociedade possa passar com mais vida e mais saúde! 

Se essa rua, se essa rua é curta-metragem em animação que aborda de maneira poética a questão da mobilidade urbana e a necessidade da consciência ambiental no planeta. Uma moça, que poderia ser qualquer um de nós, insatisfeita com sua forma de estar na cidade, decide tomar uma atitude para mudar seu dia-a-dia.
Roteiro, direção de arte, ilustrações e animação | Paula Vanina Cencig
Assistência de roteiro: Luiz Gadelha e Rafael Telles
Trilha sonora original: Luiz Gadelha
Sonorização e Mixagem final: Rafael Telles


Se essa rua, se essa rua from paulavanina on Vimeo.

Gostou? Compartilhe e nos siga também nas redes sociais

Twitter Flipboard Facebook Instagram Pinterest
snapchat: arqsteinleitao
 

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Ideias de como usar nichos para decorar seus espaços

Aproveitando nichos para decorar sua casa ou seu escritório. 

Veja algumas ideias interessantes de como fazer desde pequenos detalhes que enfeitam até aproveitamento de vãos que guardam objetos e auxiliam na organização.

Simplicidade:A elegância mora nos detalhes e na síntese. Um rasgo bem usado, sem maiores excessos, apenas salientado pelo uso de cor e pequeno detalhe em madeira. Atentem para a iluminação nas laterais e em como o rodapé acompanha o rasgo.

Como utilizar cortinas na decoração

Hoje temos postagem de convidados. O Cesar Fernandes da Tibério Construtora
vai nos falar sobre como utilizar cortinas na decoração.


Cortinas são fundamentais para diversos ambientes do seu lar. Além de transmitir uma sensação de amplitude ajudam a controlar a entrada de luz. E ainda dão um up no visual de qualquer ambiente. A decoração com cortinas pode parecer óbvia, mas é uma das formas mais práticas de renovar um ambiente.
Tamanho Para causar uma sensação de amplitude invista nas cortinas que começam pelo menos 15 cm antes da borda da janela e vão até o chão. Na verdade o tamanho vai depender muito do ambiente. Há casos em que pode-se usar todo o vão da parede. A altura que ela fica do piso da sua casa pode ser de sua escolha mas como o objetivo é dar um ar de maior extensão para a parede, recomenda-se que fique junto ao piso. Leve em conta que há tecidos que podem encolher em lavagens. As vezes é melhor fazer um pouco maiores para que não fiquem pequenas na manutenção. 
CoresNão exis…

Espaço de marketing diferenciado usando contêiner

Um exemplo de como contêineres usados podem ser reaproveitados é o que vemos nesta proposta de construção modular da agência Work of Substance para a empresa Goodman, onde foram usados quatro módulos que formam seis espaços diferentes. 

Leia também : Conteiner - pense neles como solução


Interessante como conseguiram usar os conteineres de maneira aberta com grandes aberturas que unem o espaço interno com a natureza fora deles. 


Leia também: bar muito legal usando conteiner

Belos espaços de contemplação também são criados no andar superior. Com a vantagem da construção poder ser reutilizada em outros sítios, sem deixar maiores intervenções no local onde estava. 
Nos siga também nas redes sociais

TwitterFlipboardFacebookInstagramPinterest
snapchat: arqsteinleitao

10 ideias para adiantar o Natal

Quando tinha uns dez anos (faz tempo...) fiz um trabalho escolar de arte e propaganda. Minha ideia foi um Papai Noel adiantado, que vinha pela metade do ano para aproveitar um xis produto que não lembro qual era. Meu pai, como todo pai babão, super me elogiou e nunca esqueci por isso. Nem lembro a nota que tirei na escola. Naquela época, década de 60, o Natal começava em dezembro. Meados de dezembro. Quando eu iria imaginar que estava sendo profética e que talvez, daqui uns tempos, o Natal nem passe. Emende com outras festas. Agora já convive o tal de ralouin que é em outubro.



Natal me lembra luz. Um paradoxo entre verão, calor e imagens de muita neve e comidas quentes. Me lembra canela, bolachinhas alemãs que minha mãe fazia e que eu podia cortar as massinhas e ajudar a confeitar. Árvore sendo montada e presépio

Separei dez ideias que achei bem bacanas de enfeites e árvores que podem ser montadas de forma simples e bem criativa.


1- Do blog da Renata Tomagnini achei estas charmosas dob…