Estúdio com 30m2 tem construção econômica e resultado belo

Imagem
O  BAAQ  é um escritório de arquitetura mexicano que desenvolveu este projeto para um estúdio de descanso, o Chiapas Studio. Os requisitos eram economia na construção e manutenção. O resultado ficou muito interessante.  Com cerca de 30 m2 a construção aproveita a ventilação natural e como a região tem verões quentes, aproveitam a grande cobertura em bambu para criar uma varanda coberta para ser usada nos dias quentes. Para os dias frios, a parte inferior, com paredes de painéis de cimento e poliestireno de alta densidade, abriga como sala de estar.

Sinalizando informações

Sinalizar. Mostrar de maneira rápida e direta uma informação. Pode ser um número de casa, um andar, uma direção.

Dentro da Arquitetura há várias maneiras de assinalar e fazer com que as pessoas que circulam pelos espaços não apenas se orientem, mas o façam de uma maneira bonita, criativa e funcional.

Separei alguns exemplos de sinalizações bem interessantes.



Fazendo parte dos revestimentos. Um excelente exemplo está na foto acima. A mensagem é mostrada em relevo. E ao mesmo tempo em que se mescla à parede, se distingue de maneira bem marcante.


Uma sinalização de números usando materiais rústicos e inusitados. Uma das chaves da criatividade é pensar o uso de algo de outra maneira. Me parece uma alegoria bacana e fico imaginando quase que um aproveitamento de material de obra ao usar pregos e madeira bruta.


Outros uso interessante em que a sombra marca. Recurso aliás muito usado na Arquitetura de variadas maneiras. Aqui de forma simples e eficaz.


Uma pegada verde se consegue usando paredes verdes (ou mesmo grama artificial). Há vários exemplos. Gostei como usaram os contrastes no caso acima. Gerou um efeito dinâmico.


Marcar parques, ruas e outros espaços urbanos é fundamental. Fazê-lo de maneira mais criativa é escolha dos administradores. E assim, podem unir informação com inovação em linguagem.


Ambientes infantis e escolares não precisam ser caretas. Aliás não devem ser.


A maneira como pensamos a sinalização já fala por si. Transmite mais que a informação imediata. Lança ideias de posturas.


Termino esses exemplos com a ideia da alegria, da cor, do uso da sinalização não como algo que se pense como apêndice. E sim como uma marca de projeto.


Veja a origem das fotos e mais exemplos no https://br.pinterest.com/arqsteinleitao/signage/


Nos siga também nas redes sociais


Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Ideias de como usar nichos para decorar seus espaços

Gavetas e detalhes que fazem diferença na cozinha

10 ideias de almofadas e afins para gateiros