MG08 habitação flexível

Imagem
Habitar uma casa movimenta uma série de sonhos e emoções. Possuir uma casa evoca ancestrais desejos de segurança. Mas nem sempre as necessidades permanecem as mesmas. As situações de fora e de dentro se modificam e pedem espaços que sejam flexíveis. A Maria Guerrero, também conhecida como MG08 em Madri, projetada pelo Studio Burr , foi pensada para ser uma habitação que possa ser transformada de acordo com essas novas necessidades dos moradores.   María Guerrero é uma casa que nasceu dividida em duas. Para poderem arcar com os custos de aquisição e construção, os habitantes deste empreendimento iniciam a sua vida neste espaço ocupando metade da casa e alugando a outra metade como habitação independente. Apesar da narrativa interessante, me pareceu muito com essas casas geminadas onde se coloca uma parede no meio, que pode ser removível se houver interesse em unir os espaços. Algo que já vem sendo usado e que, com um nome interessante, chama mais a atenção.  Segundo o site dos arquiteto

Qual é o cheiro da sua cidade?


Somos seres sensoriais. Nossa memória se abastece dos sentidos e o olfato é um deles. Bastante poderoso. Já li que um dos atrativos sexuais mais potentes é o cheiro da outra pessoa e a sua força sobre nós. A arquitetura leva em consideração também esse aspecto sensorial em alguns casos.


Mas nunca tinha visto um estudo de cheiros nas cidades. Já vi muitos sobre poluição, mas uma pesquisa sobre a complexidade olfativa traduzida em mapas de cheiro urbanos me surpreendeu. Agradável surpresa. A proposta é justamente que as pessoas comecem a colocar os cheiros como uma preocupação nas agendas de pesquisas urbanas. 
Smell in the cities

Mas e como marcar ou pesquisar cheiros? Não é uma tarefa fácil, embora, segundo os pesquisadores "os seres humanos sejam capazes de discriminar potencialmente um trilhão de odores diferentes." O método usado foi a percepção das pessoas, seja o que descrevem em redes sociais como quando participam de pesquisas onde são descritas as palavras (referentes a cheiros) que lhes vem a mente enquanto passeiam em pontos urbanos.  
Smell in the cities
O estudo gerou mapas de cheiros nas cidades
O que eles esperam com isso? Incluir a percepção de que os cheiros são importantes dados para planejadores urbanos. E daí eu me lembrei de um túnel verde que tinha no caminho que ia de Porto Alegre para Novo Hamburgo. Até hoje, passados mais de 50 anos, eu me lembro da sensação fantástica que era sentir o cheiro que vinha daquelas árvores! Nunca esqueci. Uma recordação muito marcante e boa da minha infância. Eles imaginam que os
"Smellscapes" poderiam fazer parte dos mapeamentos digitais, por exemplo, e serem facilmente pesquisáveis por todos que quisessem escolher roteiros que fossem olfativamente mais agradáveis. 


Já chego a imaginar um caminho dos aromas nativos. Ou da gastronomia do local. Ou das plantas aromáticas.....


E você? Já parou para pensar nos cheiros da sua cidade? Tem alguma lembrança que gostaria de compartilhar com a gente?

Fonte

 
Curta no Facebook  Assine no Flipboard  

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Ideias de como usar nichos para decorar seus espaços

Gavetas e detalhes que fazem diferença na cozinha

10 ideias de almofadas e afins para gateiros