Ideias para tornar a casa mais aconchegante no inverno

Imagem
O frio chega na região sul com a força do inverno. Os dias se tornam mais cinzas, a cerração cobre as manhãs, os gramados se cobrem de geadas. O coração se aperta pelos que nada tem. O inverno é um estágio da natureza, um resguardo para uma nova primavera, nos ciclos que marcam o mundo e as nossas vidas. O mundo se contrai e se expande. E nós com ele. Aos que tem a benção de ter uma casa, coloco abaixo algumas inspirações de como trazer mais aconchego aos lares.   Inverno É tudo o que sinto Viver É sucinto Paulo Leminski Cores e animais trazem sempre um clima de calor aos lares. Hora de colocar mantas , almofadas coloridas, materiais felpudos e muitos locais onde se deixar ficar para curtir uma série, uma música, uma sopa.     Quem vive em regiões mais frias sabe como é difícil acordar e sair debaixo das cobertas. Especialmente quando usamos edredons de penas, muitos travesseiros e deixamos nossos quartos com a cara do aconchego .   Redes no inverno? Sim e com certeza! Um canto especi

Earth House - arquitetura holística

Uma casa integrada à paisagem. Uma casa que se mescla e onde os espaços permeiam a beleza. Quando se fala em arquitetura holística para conceituar esse projeto se deve lembrar da definição clássica do termo que seria: a
"tendência da natureza de usar a evolução criativa para formar um "todo" que é maior do que a soma das suas partes". Pois foi justamente o que os arquitetos da Jolson Arquitetura Interiores fizeram nessa casa australiana onde a arquitetura formal, de interiores, paisagística e o desenho do mobiliário se unem e formam uma perfeita harmonia.  
© Scott Newett & Earl Carter
© Scott Newett & Earl Carter

O projeto foi uma resposta aos anseios do cliente que pedia um projeto que lhe remetesse à sua memória afetiva de aldeias europeias. Os arquitetos deram a sua resposta em forma de uma construção contemporânea mas que mantivesse o mesmo clima pedido. 
 
A Earth House, ou Casa da Terra, usou materiais locais, fazendo uma habitação de fácil manutenção, construída principalmente de taipa, usando uma rocha local esmagada. Esse material responde muito bem ao ambiente de maresia onde a casa se localiza. Com uma vista deslumbrante, diga-se de passagem. 

Os círculos em vegetação crescem e servem de referência aos vários espaços da casa, feitos em módulos que são unidos por corredores como se fossem uma rua por onde os caminhos se fazem, em um belo jogo de luzes, ar e descobertas.
Acho esse recurso muito interessante. Usar a circulação que, normalmente é um espaço apenas de passagem e considerado quase perdido, como um espaço mais rico e completamente inserido na natureza e construção. 


As fachadas foram concebidas de acordo com a orientação solar. Uma como uma grande banco térmico recebendo o sol da tarde. O pátio interno, também um belo recurso em regiões de muitos ventos, protege e permite que a luz entre no interior das áreas de estar.

© Scott Newett & Earl Carter

© Scott Newett & Earl Carter

© Scott Newett & Earl Carter
Uma casa que reforça minha concepção de que a Arquitetura pode mesclar referências afetivas sem precisar ser um pastiche do passado. Pode ser uma resposta ao meio ambiente e suas condições peculiares e ser criativa e única.

Fotografia: Scott Newett, Earl Carter

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Ideias de como usar nichos para decorar seus espaços

Gavetas e detalhes que fazem diferença na cozinha

10 ideias de almofadas e afins para gateiros