MG08 habitação flexível

Imagem
Habitar uma casa movimenta uma série de sonhos e emoções. Possuir uma casa evoca ancestrais desejos de segurança. Mas nem sempre as necessidades permanecem as mesmas. As situações de fora e de dentro se modificam e pedem espaços que sejam flexíveis. A Maria Guerrero, também conhecida como MG08 em Madri, projetada pelo Studio Burr , foi pensada para ser uma habitação que possa ser transformada de acordo com essas novas necessidades dos moradores.   María Guerrero é uma casa que nasceu dividida em duas. Para poderem arcar com os custos de aquisição e construção, os habitantes deste empreendimento iniciam a sua vida neste espaço ocupando metade da casa e alugando a outra metade como habitação independente. Apesar da narrativa interessante, me pareceu muito com essas casas geminadas onde se coloca uma parede no meio, que pode ser removível se houver interesse em unir os espaços. Algo que já vem sendo usado e que, com um nome interessante, chama mais a atenção.  Segundo o site dos arquiteto

Apartamento pequeno com estilo

Achei esse render de uma reforma em um apartamento em Curitiba. O arquiteto é Fernando Henares.

Ele reúne alguns aspectos e escolhas bem interessantes que me chamaram a atenção. 

Em primeiro lugar a cor. Um tom cinza para ambiente pequeno. E funcionou bem. Os motivos: ele uniformizou as paredes, incluindo as persianas, formando uma unidade que amplia. Notem que até o sofá acompanha o tom cinza. Poucos elementos nas paredes ajudam nessa sensação de espaço único. Na sala e no quarto há poucos materiais: a madeira no piso e forro encerram a ilusão de corredor. E o uso das vigas falsas com iluminação cria um efeito de luz que achata a perspectiva, fazendo com que a peça pareça mais larga do que é na realidade.   
O uso pontual da cor. O amarelo faz o contraponto alegre da composição. E ele é bem marcado em peças do mobiliário.

O espelho na sala de jantar é um recurso clássico e foi usado com um imenso painel amarelo (imagino que seja um armário com porta de correr).
 

Na cozinha achei os pontos mais delicados do projeto. O uso do painel de cerâmica todo produzido nos ladrilhos me pareceu "over" para o ambiente. Principalmente porque o mobiliário ousa no amarelo total. Acho que ficaria em detalhes menores. O que acham?   

Outra solução que me parece melhor no desenho que na prática é a bancada com apoio para pratos. Fica incomodo de sentar ali. 


Mas no geral gostei bastante da solução. 

Fonte

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Ideias de como usar nichos para decorar seus espaços

Gavetas e detalhes que fazem diferença na cozinha

10 ideias de almofadas e afins para gateiros