Pular para o conteúdo principal

Turismo humanitário e criativo -um conceito inovador

Tenho para mim que quase todos somos turistas em potencial. Até porque olhar de turista é diferenciado. Sempre achei que deveríamos aprender a potencializar e usar esse olhar de querer ver bonitezas no nosso dia a dia e não apenas quando viajamos. 

Pois foi com grata surpresa que conheci uma nova forma de fazer turismo. É um turismo que é mais que conhecer uma fileira de monumentos e igrejas. É conhecer as pessoas, o que fazem, como vivem. É a oferta de oficinas, cursos, passeios programáticos e uma série de vivências que tornam as viagens acontecimentos mais únicos ainda na vida dos turistas. E abrem um leque de possibilidades empreendedoras nos locais visitados.

E mais surpresa fiquei ao saber que Porto Alegre é uma das pioneiras no Brasil nesse tipo de turismo criativo. Vejam mais no Porto Alegre Turismo Criativo. Lá na página descobri que o turista pode aprender a fazer churrasco, pode conhecer o Iberê em visita guiada e orientada para conhecer a arquitetura do prédio e fazer uma caminhada pela arquitetura da cidade aprendendo fotografia. Não é tudo???? Afinal uma cidade é mais que prédios. É mais que pontos turísticos tradicionais, é feita de pedaços, é feita de pessoas e momentos.
 

E como fiquei sabendo disso? É a parte mais bonita!!!! Foi uma ponte entre uma amiga brasileira, a Rita Branco, que foi para Portugal por amor, tem um blog incrível chamado O Porto Encanta. A Rita é uma amiga virtual, que faz um lindo trabalho e quem recomendo entrar em contato se quiserem conhecer a cidade do Porto e arredores com requintes de sutileza, beleza e sensibilidade. Sabe aqueles locais únicos e coisas que você nunca vai descobrir em guias tradicionais? É com ela! Pois bem, a Rita fez a gentileza de me colocar em contato com outra blogueira austríaca, a Elena Paschinger cujo blog Creative Elena trata justamente de turismo criativo!

E não é que a Elena está desembarcando em Porto Alegre para conhecer nossas experiências de turismo criativo? E não é que fui conhecer essas coisas incríveis que estão acontecendo aqui por alguém que vem de tão longe? E não é que descobri que já fiz turismo criativo? Meus passeios para o templo budista e Missões para aprender e tirar fotografias não apenas me ensinaram técnicas, mas me fizeram ampliar o olhar mais humano, me colocaram em contato com locais e pessoas de forma mais intensa e bonita. 

Estou realmente encantada e louca para saber mais sobre isso! 
  

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Ideias de como usar nichos para decorar seus espaços

Aproveitando nichos para decorar sua casa ou seu escritório. 

Veja algumas ideias interessantes de como fazer desde pequenos detalhes que enfeitam até aproveitamento de vãos que guardam objetos e auxiliam na organização.

Simplicidade:A elegância mora nos detalhes e na síntese. Um rasgo bem usado, sem maiores excessos, apenas salientado pelo uso de cor e pequeno detalhe em madeira. Atentem para a iluminação nas laterais e em como o rodapé acompanha o rasgo.

10 ideias de almofadas e afins para gateiros

Festas....fiquei aqui arquitetando postagens bem suaves e lindas para esses momentos. Hoje resolvi brindá-los com 10 adoráveis ideias para almofadas, pesos de porta, mobiles e outras utilidades para amantes de gatos.

Nós, os gateiros, somos uma população em ascensão no mundo. Esses seres peludos, cheios de personalidade e amor próprio nos arrebatam. Adoramos mimá-los. E eles adoram que a gente os mime....uma parceria perfeita

1- Petit Pois e gatos. Uma dupla perfeita. Ambos sempre elegantes e cheios de charme! 
2- Mobile. Adoro! Mesmo já crescida, acho que não precisam ser só adorno de quartos infantis (meu lado criança, fazer o que????). Esse aí de cima, por exemplo, achei um mimo. 
3- Quem não ia querer entrar nessa casa tão felinamente convidativa??? Quero um para a minha porta! 
4- Patchwork e gatos!!! Tudo a ver também. lembra borralho, fogo, casa da vó e tudo isso lembra aconchego. E nada mais aconchegante que a figura de um gato, pachorrento, deitado ao pé do fogo. (Gateiros enten…

Gavetas e detalhes que fazem diferença na cozinha

Organizar. Sempre um desafio na hora de planejar móveis e espaços. E um dos locais onde mais precisamos de locais coringas para guardar coisas são nas nossas cozinhas. 
Haja gavetas, nichos, cantinhos que podem ser aproveitados para os mais diversos usos. Separei algumas ideias para inspiração Aproveitando rodapés: Muitos colegas tem optado por fazer os rodapés de armários de cozinha em alvenaria e revestir a frente com pedras ou cerâmicas. É uma solução pratica principalmente pela limpeza e umidade. Mas se sobrar espaço e a opção for usar rodapés, eles podem ser usados para guardar várias coisas. (Confesso que não sei se são o melhor local para guardar vinhos, mas quem sabe...)   Porta trecos e panos de prato: Eles são super práticos porque aproveitam espaços pequenos e estreitos e guardam aquelas coisas meio feias quando ficam à vista. Não recomendo guardar panos de prato úmidos. E esse porta facas abaixo, ao lado do fogão, é super prático!  
Outro exemplo de aproveitamento de canto par…

Como utilizar cortinas na decoração

Hoje temos postagem de convidados. O Cesar Fernandes da Tibério Construtora
vai nos falar sobre como utilizar cortinas na decoração.


Cortinas são fundamentais para diversos ambientes do seu lar. Além de transmitir uma sensação de amplitude ajudam a controlar a entrada de luz. E ainda dão um up no visual de qualquer ambiente. A decoração com cortinas pode parecer óbvia, mas é uma das formas mais práticas de renovar um ambiente.
Tamanho Para causar uma sensação de amplitude invista nas cortinas que começam pelo menos 15 cm antes da borda da janela e vão até o chão. Na verdade o tamanho vai depender muito do ambiente. Há casos em que pode-se usar todo o vão da parede. A altura que ela fica do piso da sua casa pode ser de sua escolha mas como o objetivo é dar um ar de maior extensão para a parede, recomenda-se que fique junto ao piso. Leve em conta que há tecidos que podem encolher em lavagens. As vezes é melhor fazer um pouco maiores para que não fiquem pequenas na manutenção. 
CoresNão exis…