MG08 habitação flexível

Imagem
Habitar uma casa movimenta uma série de sonhos e emoções. Possuir uma casa evoca ancestrais desejos de segurança. Mas nem sempre as necessidades permanecem as mesmas. As situações de fora e de dentro se modificam e pedem espaços que sejam flexíveis. A Maria Guerrero, também conhecida como MG08 em Madri, projetada pelo Studio Burr , foi pensada para ser uma habitação que possa ser transformada de acordo com essas novas necessidades dos moradores.   María Guerrero é uma casa que nasceu dividida em duas. Para poderem arcar com os custos de aquisição e construção, os habitantes deste empreendimento iniciam a sua vida neste espaço ocupando metade da casa e alugando a outra metade como habitação independente. Apesar da narrativa interessante, me pareceu muito com essas casas geminadas onde se coloca uma parede no meio, que pode ser removível se houver interesse em unir os espaços. Algo que já vem sendo usado e que, com um nome interessante, chama mais a atenção.  Segundo o site dos arquiteto

Caminho do Gol - uma boa ideia que deu certo em Porto Alegre

Algumas ideias são tão simples e logicas que já nascem com tudo para dar certo. Será? Imagine uma Copa do Mundo em uma cidade como Porto Alegre onde o centro da cidade está localizado em uma ponta, espremido entre o resto da cidade e o Guaíba. Imagine organizar o deslocamento de milhares de pessoas em direção ao estádio Beira Rio levando em conta esses condicionantes. Complicado não é verdade? Pois o projeto Caminho do Gol, ideia de funcionários da prefeitura municipal, fez do limão uma bela limonada. Como? Organizando um caminho único que contasse não apenas com segurança, wi-fi e facilidades, mas que permitisse o que que aconteceu: o congraçamento das torcidas que fizeram da caminhada uma atração a parte e encheram de vida a cidade. Um legado de primeira!
Ao som do DJ MMonky, percorreram as ruas do Centro Histórico em direção ao Beira-Rio para o jogo entre Argélia e Alemanha.(https://www.facebook.com/prefpoa )
O projeto Caminho do Gol, a rota exclusiva para pedestres do Centro Histórico até o estádio, além da segurança e acesso à tecnologia, inclusive com uma "araucária" fotovoltáica, ainda tinha lanches, apresentações culturais com artistas de rua gaúchos, posto consular dos países que jogaram na cidade, sanitários e carros elétricos para ajudar pessoas com necessidades especiais de mobilidade e idosos. Segundo o site da prefeitura, "os motoristas receberam treinamento prévio através de um curso sobre acessibilidade e adquiriram, entre outros, conhecimento em libras, sinais universais e outros criados exclusivamente para o evento."

Carro elétrico ajudando na mobilidade
Foi uma ideia que deu tão certo que já se fala em repeti-la em clássicos locais. 


Os legados de um evento do porte de uma Copa do Mundo para a cidade são muitas vezes intangíveis, não são percebidos em um olhar mais momentâneo. Vão um pouco além de obras, sejam estádios, sejam de mobilidade urbana. São pessoas que vem de fora, conhecem nossa cultura, se misturam em uma festa linda e em paz e acabam por ser propagandistas de nossa cidade e país mundo afora. O custo de conseguir isso via publicidade seria quase incalculável e talvez não tivesse o mesmo alcance. Por isso eu destaco o Caminho do Gol como um dos maiores legados que a Copa deixou em Porto Alegre.  
Caminho do Gol

Torcidas Holandesa e Australiana indo para o Beira Rio no Caminho do Gol
 


Caminho do gol
Fotos - Fan page da Prefeitura de Porto Alegre

Comentários

  1. Puxa, que legal mesmo!! Aqui em Manaus ainda não deu pra perceber se a Copa deixou algum legado...rsrs...:p

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Sua opinião é super importante para nós ! Não nos responsabilizamos pelas opiniões emitidas nos comentários. Links comerciais serão automaticamente excluídos

Postagens mais visitadas deste blog

Ideias de como usar nichos para decorar seus espaços

Gavetas e detalhes que fazem diferença na cozinha

10 ideias de almofadas e afins para gateiros