3 de mai de 2014

Arquitetura


Arquitetura é paixão. Muitos de nós, arquitetos dizemos que sim, que é mais que paixão, é uma espécie de vício, uma cachaça que nos faz persistir em um profissão que nem sempre é reconhecida, que nem sempre nos fornece a segurança que gostaríamos, mas que mexe com a gente, que nos faz sonhar, que nos faz criar, que nos faz mais felizes ao fazer o sonho dos outros se tornar real. 


Trabalhar em algo que é um misto de arte e técnica nem sempre é fácil. Exige de nós conhecimento, repertório, sensibilidade, distanciamento de nós o suficiente para entender o outro, o cliente, as vezes tão diferente da gente. Mas o desafio é justamente conseguir vestir o sonho de outro como se nosso fosse e transforma-lo em concreta realidade. E depois de feito, ter a suficiente coragem de dar adeus a um filho para vê-lo crescer em mãos alheias. Sim, todo projeto é um parto. Toda entrega é uma separação. Todo arquiteto é meio artista. Mas também é realizador. 



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Sua opinião é super importante para nós !