MG08 habitação flexível

Imagem
Habitar uma casa movimenta uma série de sonhos e emoções. Possuir uma casa evoca ancestrais desejos de segurança. Mas nem sempre as necessidades permanecem as mesmas. As situações de fora e de dentro se modificam e pedem espaços que sejam flexíveis. A Maria Guerrero, também conhecida como MG08 em Madri, projetada pelo Studio Burr , foi pensada para ser uma habitação que possa ser transformada de acordo com essas novas necessidades dos moradores.   María Guerrero é uma casa que nasceu dividida em duas. Para poderem arcar com os custos de aquisição e construção, os habitantes deste empreendimento iniciam a sua vida neste espaço ocupando metade da casa e alugando a outra metade como habitação independente. Apesar da narrativa interessante, me pareceu muito com essas casas geminadas onde se coloca uma parede no meio, que pode ser removível se houver interesse em unir os espaços. Algo que já vem sendo usado e que, com um nome interessante, chama mais a atenção.  Segundo o site dos arquiteto

Ser arquiteto. Por quê? 10 razões

Porque ser arquiteto?

Ouvindo um documentário sobre arquitetura que fez essa pergunta a vários colegas, me peguei pensando. Por que mesmo ser arquiteto? 

As muitas facetas de um arquiteto
  1. Para realizar os sonhos de outros. Dizem que a primeira coisa que vem a cabeça acaba sendo a mais verdadeira. E pensando bem acho que é correto. Nada me causa mais satisfação na arquitetura que sonhar e realizar junto com o outro. Me colocar no lugar dele, desenvolver meu lado empático que me faz ver o mundo com vários olhos.
  2. Criar. Poder por abaixo o que não funciona. Enfrentar poeira, bagunça e mudança. Mas poder fazer isso sem gastar e sem viver na obra....ou seja, só vejo o lado bom da obra. 
  3. Para poder exercitar meu lado crítico. Pode parecer um contra-senso, mas arquiteto para ser bom tem que usar a capacidade de ser meio advogado do diabo com os espaços. Tudo pode ser melhorado. Em principio. Me aponte um arquiteto 100% satisfeito com uma obra e projeto, sem achar um mínimo detalhe que poderia ter feito melhor. Eu não conheço.
  4. Para poder ter a desculpa de viajar e ler muito. Arquiteto precisa ter repertório, precisa ter bagagem. E viajar, mesmo que seja pela internet, é fundamental. Ao vivo então é muito melhor. Muitos dos maiores arquitetos conhecidos aprenderam mais em viagens pelo mundo que nos bancos escolares. Ler segue a mesma lógica.
  5. Poder trabalhar no que gosta. Sim, porque se você não gosta de Arquitetura, não vai ser pela remuneração ou segurança que ficará na profissão. Arrisco a dizer que ser arquiteto é para os fortes. A gente costuma dizer que é vício - uma cachaça. De boa marca.
  6. Aprender a lidar com gente. E não falo apenas dos clientes. Mas de colegas, fornecedores, mão de obra, enfim, um conjunto imenso de pessoas que transitam por um projeto e obra e que também são um dos melhores aprendizados de vida que se tem. 
  7. Viver entre o mundo do luxo e o da realidade e não se contaminar. Explico: tem um lado da Arquitetura que é feito de símbolos. Sejam externos ou internos, há espaços onde é preciso voar pelo que de mais suntuoso ou caro exista na sociedade. Aprender a lidar com isso sem esquecer da funcionalidade e das pessoas que habitarão ou circularão por ali é um exercício da profissão. 
  8. Viver entre o mundo da extrema carência e o da realidade e não se abater. Explico: há trabalhos em que é preciso circular por sub habitações, esgotos a céu aberto, falta de qualquer tipo de dignidade. Saber lidar com isso com sensibilidade, mas com a distância necessária para propor soluções viáveis também faz parte do aprender a ser arquiteto.
  9. Para ser um profissional que muitos admiram mas poucos sabem a real utilidade. Para muitos os arquitetos ainda vivem em um mundo limpo, são todos grifados e vivem em um eterno mundo de prancheta, bolando coisas lindas, em ambientes paradisíacos. Poucos conhecem o lado do cavador, do obreiro, das mãos e cabelos sujos de gesso, dos sapatos enlameados. Ser arquiteto também significa mostrar que um projeto é mais que plantas ou desenhos
  10. Para ser um profissional que, exercitando a criatividade, vai fazer um produto para pessoas se sentirem melhor. Não, arquitetos não servem para fazer apenas prédios bonitos que tenham a sua cara. Arquitetos não servem para ter um ego maior que o mundo, exibir sua genialidade em edifícios plasticamente soberbos que não servem para ninguém ficar dentro. Arquitetos não são escultores ou artistas. Arquitetos são criadores técnicos. Estudam para viabilizar sonhos. 

  •  E para você, o que é ser Arquiteto?

Comentários

  1. Adorei! Futuramente meu sonho é ser arquiteta ❤

    ResponderExcluir
  2. Adorei! Futuramente meu sonho é ser arquiteta ❤

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. eu também, mas li o outro artigo de 10 motivos para nao ser arquiteto e pra falar a verdade desanimei bastante, embnora ainda tenha 12 anos nao sei se quero mesmo fazer arquitetura, mas é bom experimentar coisas pra saber oque vc quer ser, então to faznedo um cursinho de arquitetura gratuito online pra ver se gosto ou nao

      Excluir
    2. Com 12 anos tem ainda muito tempo para conhecer melhor e saber o que vai querer fazer. Abraços

      Excluir
  3. Que legal Lis! Vou torcer pelo teu sucesso! Grande abraço!
    Elenara

    ResponderExcluir
  4. Preciso também converssar com você, Sobre esse mundo da arquitetura e muito mais 💙💚

    ResponderExcluir
  5. Esse negócio de viajar muito é que desanima. Cadê o dinheiro? :(

    ResponderExcluir
  6. Bacana dmais :-)
    Tenho um blog relacionado à decoração que talvez queira ver, eis um dos artigos: Vaso grande para sala. Vlw! ;-)

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Sua opinião é super importante para nós ! Não nos responsabilizamos pelas opiniões emitidas nos comentários. Links comerciais serão automaticamente excluídos

Postagens mais visitadas deste blog

Ideias de como usar nichos para decorar seus espaços

Gavetas e detalhes que fazem diferença na cozinha

10 motivos para NÃO fazer arquitetura