Pular para o conteúdo principal

Visita à fábrica verde em Maceió

Participei, juntamente com vários blogueiros, de uma visita à moderna fábrica verde da Coca Cola em Maceió. Ela foi concebida dentro de todos os requisitos para garantir uma certificação LEED, usando conceitos sustentáveis que vão desde a escolha do terreno, passam pelo uso de materiais reciclados e recicláveis, iluminação natural, tratamento e reaproveitamento das águas. Essa preocupação ambiental faz parte dos desafios de sustentabilidade para a indústria. 


Fábrica da Coca Cola em Maceió - foto Elenara Leitão
Me lembro que meu pai, um homem de visão adiante do seu tempo, sempre falava da responsabilidade social das empresas e que os negócios eram bons quando todos ganhavam. Muitos anos depois, ao fazer meu mestrado na Engenharia de Produção tive a oportunidade de conhecer mais a fundo práticas de produção industrial e conhecer conceitos como produção enxuta, sustentabilidade e algo se chamava de relação de "ganha-ganha". E gostei demais dessa ideia de que um bom processo é aquele que serve a todos - produção, fornecedores, consumidores e meio ambiente.


Nessa visita tivemos a oportunidade de ter uma conversa online com o VP da Coca Cola, Marco Simões que nos falou sobre a fábrica, a política da Coca Cola e respondeu perguntas dos blogueiros. Todos bastante curiosos por sinal.


Bate papo com Marco Simões VP da Coca Cola
Um dos conceitos que achei bem interessante foi o do Eu, Nós e o mundo. O Eu é representado pelos cuidados com a saúde (e tenho participado de alguns eventos que a Coca está promovendo visando essa relação das pessoas com o cuidados com a sua saúde). O Nós pelo bem estar social, enfocando o cuidado com os fornecedores e com toda cadeia produtiva. E o Mundo pela responsabilidade com a sustentabilidade ambiental. Nos falou sobre vários programas da empresa de incentivo à reciclagem, seja têxtil, seja com a criação de tecnologias de reutilização de pet nas embalagens. Trabalhos com as cooperativas e também com prefeituras para capacitar para a coleta, citando o exemplo de Itu, em SP, que já conta com 100% de coleta.  
Blogueiros no bate papo com o VP da Coca Cola
Outro dado que me chamou a atenção foi com os cuidados com fontes de água e a preocupação em utilizar cada vez menos água na produção. Disse que a meta é chegar a utilizar 1,5L por cada bebida. Eu tinha lido em um blog que era infinitamente maior e achei bem interessante quando ele disse que a fábrica mais eficiente no mundo é a de Jundiaí que usa 1,35 L. 

Foto : Divulgação
Mas e a planta? A gente chama de planta a fábrica. Todos curiosos para ver a tal de fábrica verde. E o processo de produção de refrigerantes em pet e retornáveis. Mesmo quem não curte refrigerantes deveria um dia visitar as fábricas pela curiosidade de ver aquele maquinário imenso e ver como tudo é feito com a maior eficiência e limpeza. Eu já tinha visitado um chão de fábrica  e ficado fascinada pelo alto grau de automatização. Quer ir também? Se informe no telefone  0800-021-2121


Foto : Divulgação
Nós não pudemos fotografar por questões de segurança, mas um fotografo oficial nos acompanhava e tirou fotos que mostravam a visita.

Foto : Divulgação

    Área de lazer dos funcionários usando material reciclado - paletes e garrafas pet no piso 
Alguns diferenciais da fábrica que a qualificam a ser qualificada com a certificação LEED de acordo com o site da empresa 
  1. Terreno próximo para que os usuários possam ir a pé, de bicicleta ou transporte público reduzindo dessa forma a emissão de gases.
  2. Adoção de grande área plantada no terreno, promovendo, entre outros, gerenciamento mais eficiente das águas pluviais, maior biodiversidade e redução do efeito ilha de calor.
  3.  Cobertura do galpão de produção com cor clara e pé direito alto, diminuindo o efeito “ilha de calor”, em função da maior reflexão solar e também da utilização de telhas com isolantes térmicos, propiciando maior conforto aos colaboradores.
  4. Iluminação natural em todo galpão industrial.
  5. Uso eficiente de água e redução de uso de água potável em necessidades secundárias:
  6. Paisagismo com o uso de plantas nativas ou adaptadas, diminuindo a necessidade de irrigação.
  7. Instalação de equipamentos economizadores de água, como válvulas “Dual-flush” e reuso de água dos chuveiros para as bacias sanitárias e torneiras com temporizadores.
  8. Instalação de sistema de captação e reuso de águas do processo produtivo para a irrigação.
  9. Restrição das instalações consumidoras de energia como ar condicionado e iluminação artificial.
  10. Diversas soluções para a redução de consumo de energia, como tanque de acumulação, baixa Densidade de Potência Instalada de Iluminação (LPDI) e vidros eficientes.
  11. Utilização de gases refrigerantes sem a presença de CFC no bloco industrial. iluminação natural, utilização de telhas translúcidas e sistema de ventilação.
  12. Utilização de materiais locais na construção, diminuindo a distância do transporte e consequentemente a liberação de CO2 na atmosfera.
  13. Instalação de área para captação e gerenciamento de resíduos (reciclagem) na planta do edifício.
  14. Uso de madeira certificada (FSC) garantindo a origem de área de manejo florestal.
  15. Uso de tintas com baixo índice de VOC.
  16. Sistema de monitoramento de CO2 nos ambientes internos, garantindo uma boa qualidade interna do ar.
  17. Equipamentos de controle de poluição, como capachos, instalados nas entradas dos edifícios, reduzindo a entrada de partículas contaminantes.


Blogueiros ao final da visita
Mais visões sobre a visita à fábrica da Solar nos blogueiros abaixo. Recomendo porque cada um tem uma visão diferente e interessante sobre o tema
 Chris do http://inventandocomamamae.blogspot.com @alinekelly do Sustentável 2.0, @andersoncosta do Movebla, @clauchow do Ecodesenvolvimento, @anamariacoelho do Lounge Empreendedor, @renatoguimaraes do Sustenta News, @smiletic do Porque minhas opiniões não cabiam na telinha da TV, @sustentavell do Sustentabilidade Corporativa, @gnsbrasil do Conversas de Cozinha, @daianevv do Vivo Verde, @claudiamidori do Aventuras Gastronômicas, @elfinha Elfinha, @biosustentavel do Autossustentável, @cozinhapequena Cozinha Pequena, @claudiagiane do Bolsa de Novidades, @lucianakotaka do Comportamento Magro, @kitaferreira do Inventando com a mamãe, @regianeDesign do Casa com Decoração, @senalaila do Xô, Bacon, @inagaki do Pensar Enlouquece e@samegui, do A Vida Como A Vida Quer.

Comentários

  1. Oi Elenara, foi uma experiência incrível fazer essa visita. O melhor é ler todos os posts e relembrar de partes que foram importantes em outros pontos de vista. Eu me lembro que também gostei muito do conceito do Eu, Nós e o mundo, mas tinha me esquecido e relembrei aqui no seu post. Eu fiz o meu hoje e coloquei o link de todos os posts sobre a visita. Assim acabo tendo mais conteúdo.
    beijos
    Chris
    http://inventandocomamamae.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  2. Sabes que eu também adoro ler todos os posts para ver a visão de cada um e com isso eu acrescento tanto na minha! Aprendo com vocês sempre! Beijos

    ResponderExcluir
  3. Parabéns por fazer parte desse seleto grupo que Vive Positivamente com a Coca-cola! Gostei de ler aqui o ponto de vista de engenharia de produção!
    bjs Sandra Portugal www.projetandopessoas.com.br

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Sua opinião é super importante para nós !

Postagens mais visitadas deste blog

10 ideias de almofadas e afins para gateiros

Festas....fiquei aqui arquitetando postagens bem suaves e lindas para esses momentos. Hoje resolvi brindá-los com 10 adoráveis ideias para almofadas, pesos de porta, mobiles e outras utilidades para amantes de gatos.

Nós, os gateiros, somos uma população em ascensão no mundo. Esses seres peludos, cheios de personalidade e amor próprio nos arrebatam. Adoramos mimá-los. E eles adoram que a gente os mime....uma parceria perfeita

1- Petit Pois e gatos. Uma dupla perfeita. Ambos sempre elegantes e cheios de charme! 
2- Mobile. Adoro! Mesmo já crescida, acho que não precisam ser só adorno de quartos infantis (meu lado criança, fazer o que????). Esse aí de cima, por exemplo, achei um mimo. 
3- Quem não ia querer entrar nessa casa tão felinamente convidativa??? Quero um para a minha porta! 
4- Patchwork e gatos!!! Tudo a ver também. lembra borralho, fogo, casa da vó e tudo isso lembra aconchego. E nada mais aconchegante que a figura de um gato, pachorrento, deitado ao pé do fogo. (Gateiros enten…

13 ideias para quem ama gatos

Há pouco passou uma sexta feira. Era 13. Gosto das sextas feiras. Gosto do 13. Gosto dos gatos. Gosto dos gatos pretos, esses que tanto foram perseguidos como companheiros de bruxas.

Gatos são da casa -repetem como mantra os que não conhecem os gatos. Os gatos são deles mesmos. E de quem os conquistar. Ou de quem eles resolverem amar. 

Amor de gato é diferente do amor de cão. E não menos dramático. Gatos não toleram atrasos. Não aceitam menos que a nossa entrega. De preferência sem muito chamego, a não ser na hora que desejam. 

Gatos são hedonistas por natureza. Existem para viver com languidez e serem acariciados. Mimados. Paparicados. Gatos são aristocratas. Mesmo que revirem latas de lixo. 

Desconfiem da humildade felina. Ao primeiro toque de boa vida, se tornam preguiçosamente orgulhosos.   
“Um gato vive um pouco nas poltronas, no cimento ao sol, no telhado sob a lua. Vive também sobre a mesa do escritório, e o salto preciso que ele dá para atingi-la é mais do que impulso para a cultu…

Gavetas e detalhes que fazem diferença na cozinha

Organizar. Sempre um desafio na hora de planejar móveis e espaços. E um dos locais onde mais precisamos de locais coringas para guardar coisas são nas nossas cozinhas. 
Haja gavetas, nichos, cantinhos que podem ser aproveitados para os mais diversos usos. Separei algumas ideias para inspiração Aproveitando rodapés: Muitos colegas tem optado por fazer os rodapés de armários de cozinha em alvenaria e revestir a frente com pedras ou cerâmicas. É uma solução pratica principalmente pela limpeza e umidade. Mas se sobrar espaço e a opção for usar rodapés, eles podem ser usados para guardar várias coisas. (Confesso que não sei se são o melhor local para guardar vinhos, mas quem sabe...)   Porta trecos e panos de prato: Eles são super práticos porque aproveitam espaços pequenos e estreitos e guardam aquelas coisas meio feias quando ficam à vista. Não recomendo guardar panos de prato úmidos. E esse porta facas abaixo, ao lado do fogão, é super prático!  
Outro exemplo de aproveitamento de canto par…

Mobiles, com ar de carnaval e fantasia

"Tanto riso, oh quanta alegria"....cantava essa música nos carnavais de antigamente lembrando dos Pierrots e Arlequins que brincavam no salão. E vendo esse mobile não pude deixar de sorrir e imaginar que gostaria de ter um assim no meu quarto, marcando a época dos confetes e serpentinas. 

Longe se vai o tempo em que pulava nos salões, em que saia na avenida de cidades do interior em blocos, em que ficava vidrada na frente da TV assistindo os desfiles de escolas de samba. Mas ainda muito me agrada as cores, a possibilidade de fantasia, do brincar, do poder ser algo diferente nem que se seja por uns dias.
E porque não trazer para dentro de casa essa fantasia em forma de mobile? Reuni alguns lindos que, com boa intenção e paciência, podem ser feitos em casa. Cor, movimento, criatividade. Eis a receita.
Pode deixar sair a poesia, pode reunir retalhos ou balas e guloseimas. O que importa é a brincadeira. Como no carnaval. 
Estrelas do céu enfeitam a vida das estrelas da terra. Amei …