Ideias para tornar a casa mais aconchegante no inverno

Imagem
O frio chega na região sul com a força do inverno. Os dias se tornam mais cinzas, a cerração cobre as manhãs, os gramados se cobrem de geadas. O coração se aperta pelos que nada tem. O inverno é um estágio da natureza, um resguardo para uma nova primavera, nos ciclos que marcam o mundo e as nossas vidas. O mundo se contrai e se expande. E nós com ele. Aos que tem a benção de ter uma casa, coloco abaixo algumas inspirações de como trazer mais aconchego aos lares.   Inverno É tudo o que sinto Viver É sucinto Paulo Leminski Cores e animais trazem sempre um clima de calor aos lares. Hora de colocar mantas , almofadas coloridas, materiais felpudos e muitos locais onde se deixar ficar para curtir uma série, uma música, uma sopa.     Quem vive em regiões mais frias sabe como é difícil acordar e sair debaixo das cobertas. Especialmente quando usamos edredons de penas, muitos travesseiros e deixamos nossos quartos com a cara do aconchego .   Redes no inverno? Sim e com certeza! Um canto especi

Cidade feitas para as pessoas

Parece meio óbvio que as cidades devem ser planejadas para as pessoas. Afinal quem faz as cidades? As pessoas!

Mas o óbvio nem sempre é a resposta mais usada. Os técnicos se debruçam sobre pesquisas, teorias e referenciais de urbanismo para proporem planos diretores cada dia mais difíceis de serem compreendidos. Vide os inúmeros cursos e manuais para decifra-los. E as várias reuniões que os arquitetos fazem para entender o que podem ou não podem fazer...

Mas nem sempre as soluções para tornar as cidades mais compatíveis com uma escala urbana mais humana são mirabolantes. Na maioria das vezes podem ser soluções bastante simples e viáveis. Foi uma das coisas que mais gostei de ouvir na palestra do TEDxLaçador onde a professora Maria Nazareth Agra Hanssen nos fala de uma pesquisa que ouvia as crianças. Como as crianças planejariam uma cidade? Uma das ideias lançadas ali é semelhante ao que foi feito em São Paulo, no projeto das Zonas Verdes. A ideia central era resgatar um espaço de convívio para as pessoas, e tirando esse espaço justo do automóvel. Ou seja inverter a lógica de prioridades que tem levado os centros urbanos a priorizarem o transporte de quadro rodas por décadas. 

Afinal as cidades são feitas de quê? De e para as pessoas  

    
Zonas Verdes - São Paulo
Mais propostas podem ser encontradas no blog Cidades para Pessoas,
no site do arquiteto Jan Gehl e ainda no site da ONG Projetos para Espaços Públicos
Fonte

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Ideias de como usar nichos para decorar seus espaços

Gavetas e detalhes que fazem diferença na cozinha

10 ideias de almofadas e afins para gateiros