8 Tiny cabanas para inspirar sua alma

Imagem
Na esteira das mudanças de anseios pelas quais passa a humanidade, vemos o incremento das chamadas " tiny houses ". Tiny vem do inglês muito pequeno, e assim foram batizaram casas ou cabanas com pouquíssimo espaço e muito aproveitamento. Seja para casas de veraneio, espaço de trabalho ou mesmo para residir, a experiência de viver apenas com o indispensável, parece ser das tendências mais interessantes dos tempos atuais. Até porque contrapõem de maneira bastante enfática toda uma sociedade de excessos em consumo e usos. Separei aqui 8 exemplos de tiny cabanas que são altamente inspiradoras para alimentar essa ideia de forma prática. Muitas delas são vendidas como forma pré-fabricada.  A primeira delas é  aVOID . Com 8 metros quadrados, o jovem arquiteto Leonardo di Chiara projetou uma pequena casa, inspirada em barcos de sua infância.   Pode ser acoplada a um trailer e, por meio de dobragens consegue múltiplas possibilidades de uso. E ainda conta com um mirante/janela na parte

ARQUITETANDO IDEIAS em Maceió

Já faz algum tempo que fiz um compromisso pessoal de blogar todo dia. E faço isso porque me dá muito prazer, óbvio. Mas tem uns dias em que isso é impossível. E as vezes é por um bom motivo...

Bom? Não! Maravilhoso motivo! 
 Passei três dia em Maceió (!!!!) para me encontrar com pessoas incríveis que conheci através do Viva Positivamente e de quebra, ainda visitei a moderna fábrica da Coca Cola que foi projetada e construída para ter condições de obter a certificação LEED. Depois eu falo bem sobre isso. Hoje deixa eu lembrar de Maceió. Eta cidade gostosa!!!
 Eu tinha visitado Alagoas em 1980 (!!!). Não me lembrava de Maceió, na verdade tinha ficado com a imagem das praias de Alagoas que considerei desde então as mais lindas do Brasil. Imaginem o que era a praia do Francês naquela época... 
 Mas hoje, em 2013, curtir esse mar azul meio esverdeado, andar pela areia, sentir o clima de uma cidade que é capital, que tem 500.000 habitantes, mas passa um quê de cidade pequena e calma na orla não tem preço!
 A educação dos motoristas que param nas faixas (sem semáforos ou sinaleiras) me fez ter uma inveja boa. Ah! Se isso fosse assim em Porto Alegre. Me senti na Europa! Não é assim que as pessoas falam quando acham algo bom??? Pois parabéns, adoro povo educado. E que gente tranquila, isso me acalmou bastante, a gente aqui no Rio Grande do Sul é muito agitada.  
Essa imagem aí de cima é da janela do hotel, olhando em direção à cidade. Dá para ver que em Pajuçara ainda predomina muita casa, pouco adensamento. Isso garante também que se mantenha esse clima praieiro tão gostoso.
 Assim gente, hoje o assunto não é Arquitetura. Hoje o assunto é: Como é bom viajar! Pensando bem, uma das melhores lições de todo grande arquiteto é viajar, viajar, viajar...
Fotos Elenara Stein Leitão

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Ideias de como usar nichos para decorar seus espaços

Gavetas e detalhes que fazem diferença na cozinha

10 motivos para NÃO fazer arquitetura