MG08 habitação flexível

Imagem
Habitar uma casa movimenta uma série de sonhos e emoções. Possuir uma casa evoca ancestrais desejos de segurança. Mas nem sempre as necessidades permanecem as mesmas. As situações de fora e de dentro se modificam e pedem espaços que sejam flexíveis. A Maria Guerrero, também conhecida como MG08 em Madri, projetada pelo Studio Burr , foi pensada para ser uma habitação que possa ser transformada de acordo com essas novas necessidades dos moradores.   María Guerrero é uma casa que nasceu dividida em duas. Para poderem arcar com os custos de aquisição e construção, os habitantes deste empreendimento iniciam a sua vida neste espaço ocupando metade da casa e alugando a outra metade como habitação independente. Apesar da narrativa interessante, me pareceu muito com essas casas geminadas onde se coloca uma parede no meio, que pode ser removível se houver interesse em unir os espaços. Algo que já vem sendo usado e que, com um nome interessante, chama mais a atenção.  Segundo o site dos arquiteto

Revestindo paredes com objetos (2)

Nem sempre é preciso ousar em cores ou em revestimentos caros para ressaltar uma parede. Objetos como molduras, espelhos, pratos, podem fazer a festa!

Vejam no exemplo acima como dispor de maneira super bacana esses quadros com molduras bem diferenciadas sem furar muito a parede. Basta colocar umas prateleiras e arrumar com gosto. Resultado: uma ambiente requintado e personalizado.
Fazer uma brincadeira com letras nas paredes pode ser muito divertido. Sejam em adesivos ou, para quem tem habilidade com madeira e afins, moldadas, recortadas e pintadas, podem revestir com muito charme as paredes. Separei dois exemplos em que elas aparecem, com formatos diferentes, mas em ambos os casos com um efeito bem bonito.
 Essa me agradou porque adoro colocar pratos pelas paredes (tenho aos montes) e achei bem divertida a "diagramação" deles. Tem cara de casa de Vó moderna. Nada como um novo olhar para as coisas de todo o dia.
E falando em modernidades, que tal essa escultura em pixels? Achei bem bacana para um quarto de crianças.
E por último um toque romântico. Milhares de borboletas invadindo um corredor. Me lembrou Cem Anos de Solidão e todo o seu ambiente de realidade fantástica! Adorei! Na prática essas moldurinhas de papel não são nada práticas e adesivos caberiam melhor. Mas vamos falar sério, não teriam a mesma carga dramática...
Fonte das fotos

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Ideias de como usar nichos para decorar seus espaços

Gavetas e detalhes que fazem diferença na cozinha

10 ideias de almofadas e afins para gateiros