MG08 habitação flexível

Imagem
Habitar uma casa movimenta uma série de sonhos e emoções. Possuir uma casa evoca ancestrais desejos de segurança. Mas nem sempre as necessidades permanecem as mesmas. As situações de fora e de dentro se modificam e pedem espaços que sejam flexíveis. A Maria Guerrero, também conhecida como MG08 em Madri, projetada pelo Studio Burr , foi pensada para ser uma habitação que possa ser transformada de acordo com essas novas necessidades dos moradores.   María Guerrero é uma casa que nasceu dividida em duas. Para poderem arcar com os custos de aquisição e construção, os habitantes deste empreendimento iniciam a sua vida neste espaço ocupando metade da casa e alugando a outra metade como habitação independente. Apesar da narrativa interessante, me pareceu muito com essas casas geminadas onde se coloca uma parede no meio, que pode ser removível se houver interesse em unir os espaços. Algo que já vem sendo usado e que, com um nome interessante, chama mais a atenção.  Segundo o site dos arquiteto

Garimpando blogs - brown dress with white dots

ADOREI essa foto abaixo quando vi no Pinterest. Estava pensando em escrever algo que envolvesse reciclagem, reúso e sustentabilidade afetiva. Mas quando fui no site original conferir...me deparei com imagens! E que imagens! Falam por si. Tinha que compartilhar aqui.
Sou uma deslumbrada por fotos. E fotos com alma. Fotos que contem uma história. Em cada desses imagens, e eu escolhi as afins com arquitetura, com ambientes, falam de gente, é quase como se conseguíssemos imaginar as pessoas que aí vivem, as que viveram, as que se olharam em espelhos antigos, guardando vaidades secretas que se perderam na história, mas sobreviveram na lembrança de alguém. Chamamos isso de imortalidade também. 

Uma acolhida hospitaleira de um tempo mais ameno, onde os chapéus, mais que nos proteger de um sol que nos queima (mas também nos fortalece), eram um sinal de elegância. E talvez de uma sabedoria que também perdemos. A elegância, essa passou a ser confundida com bem vestir, mais que a verdadeira, a de saber conviver com generosidade e respeito.  

Tudo me fala de gente, todas as imagens, embora sem a presença humana, transpiram presença. Gostei demais.


Comentários

Postar um comentário

Sua opinião é super importante para nós ! Não nos responsabilizamos pelas opiniões emitidas nos comentários. Links comerciais serão automaticamente excluídos

Postagens mais visitadas deste blog

Ideias de como usar nichos para decorar seus espaços

Gavetas e detalhes que fazem diferença na cozinha

10 ideias de almofadas e afins para gateiros