26 de fev de 2013

Pedaços de minha cidade

Parodiando Quintana, passear pelos recantos de minha cidade é redescobri-la a cada caminhar. 
 (E ha uma rua encantada...Que nem em sonhos sonhei...)


Ao mostra-la para quem nela chega pela vez primeira, também redescubro em mim aquele olhar de turista que não me habita no dia a dia.


Minha cidade tem arquitetura bonita, tem recanto de encanto. Tem ar de cidade grande, tem edificio precisando respirar...

Tem gente que habita, que ruma, que coabita. Minha cidade é pulsante e rica. E se revela em pedaços de pura magia.







Fotos _ Elenara Stein Leitão