MG08 habitação flexível

Imagem
Habitar uma casa movimenta uma série de sonhos e emoções. Possuir uma casa evoca ancestrais desejos de segurança. Mas nem sempre as necessidades permanecem as mesmas. As situações de fora e de dentro se modificam e pedem espaços que sejam flexíveis. A Maria Guerrero, também conhecida como MG08 em Madri, projetada pelo Studio Burr , foi pensada para ser uma habitação que possa ser transformada de acordo com essas novas necessidades dos moradores.   María Guerrero é uma casa que nasceu dividida em duas. Para poderem arcar com os custos de aquisição e construção, os habitantes deste empreendimento iniciam a sua vida neste espaço ocupando metade da casa e alugando a outra metade como habitação independente. Apesar da narrativa interessante, me pareceu muito com essas casas geminadas onde se coloca uma parede no meio, que pode ser removível se houver interesse em unir os espaços. Algo que já vem sendo usado e que, com um nome interessante, chama mais a atenção.  Segundo o site dos arquiteto

A tesoura e o design para idosos


Hoje ouvi um texto delicioso que falava das agruras de envelhecer e de como as coisas, que antes eram fáceis, iam se modificando: os espelhos parecem embaçados ao mostrar uma imagem enrugada, as estantes ficam maiores para braços mais frágeis...mas uma coisa não era aparência: a dificuldade cada dia maior de abrir embalagens. A autora, Sônia Renner, chegou a sugerir andar sempre com uma tesoura na sua bolsa. O que fez um dia, toda prosa, achando ter resolvido todas as suas dificuldades quando descobriu que também não conseguia abrir a embalagem da tesoura!
E aqui dou toda a razão para a D. Sônia. As embalagens estão realmente cada dia mais difíceis de serem abertas! Esses dias penei com uma tampa de suco. Eu, na maior sede, girava e girava a tampa, já achando que me faltavam forças quando um amigo, bem maior e mais forçudo também não conseguiu abrir. Tivemos que recorrer para uma faca. Caso isolado? Não, porque se repetiu com outra garrafa da mesma marca....
E isso já se aconteceu com as caixinhas de leite com suas tampas práticas que volta e meia não rompem o lacre...e por aí vai. Também vou adotar o uso de uma tesourinha na bolsa. Só não vai adiantar nos voos onde os saquinhos de salgadinhos as vezes nos torram a paciência e exigem dentes fortes...
Assim amigos designers, por favor, pensem nas pessoas mais idosas ao bolarem suas maravilhosas embalagens e simplifiquem nossas vidas, por favor!

Comentários

  1. Amiga,

    Embalagem de café a vácuo (Pilão) é só com tesoura.Aquele prazer de puxar no meio já era.

    Uma Excelente Semana!
    Beijos

    ResponderExcluir
  2. Eu sou uma "idosa"(odeio essa palavra)e tenho artrose nas mãos. Uso a cabeça: sempre tenho uma tesoura na cozinha; tenho tambem uma tesoura de trinchar frango que uso para abrir garrafas tais como refrigerantes e sucos porque ela tem uma parte que age como uma chave de boca;tenho um maravilhoso abridor de lata a pilha que é só colocar e esperar abrir sozinho;tenho tambem uma porção de outras maquinas tais como de pão, processador, lava-louça e meu lema é "tudo que uma máquina pode fazer eu não preciso gastar meu tempo e minha energia".

    ResponderExcluir
  3. Na real eu não consigo nem abrir os pacotinhos do club social.

    ResponderExcluir
  4. Urgente um design para todos, não é verdade amigas? Abraços e obrigada pelos comentários

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Sua opinião é super importante para nós ! Não nos responsabilizamos pelas opiniões emitidas nos comentários. Links comerciais serão automaticamente excluídos

Postagens mais visitadas deste blog

Ideias de como usar nichos para decorar seus espaços

Gavetas e detalhes que fazem diferença na cozinha

10 ideias de almofadas e afins para gateiros