Pular para o conteúdo principal

Casa Sustentável - entrevista


Esses dias dei uma entrevista para uma jornalista sobre sustentabilidade. Aqui o teor da entrevista e abaixo as imagens da revista Pense Imóveis que é, segundo a jornalista,  lançamento editorial do Grupo RBS e circula em todo o Rio Grande do Sul com 20 mil exemplares.

- O que mudou nos últimos tempos para que esse tipo de demanda tenha surgido?
A grande mudança foi na consciência do consumidor.  Hoje já existe uma parcela considerável de clientes (em geral mais jovens) que se preocupam com o meio ambiente e pedem soluções mais ecológicas. Diria que em uma década mais ou menos passamos de fomentadores, nós arquitetos que propúnhamos e ainda encontrávamos barreiras de aceitação, para buscadores para pessoas que já vem com essa ideia na cabeça. 

- Grandes empreendimentos já estão “pensando verde”?
Sim, cada vez mais  grandes empreendimentos e empresas estão buscando certificações e soluções mais ecologicamente alinhadas com a nova mentalidade do consumidor e de uma sociedade que busca mais qualidade de vida. Acho que ainda resta separar o que é marketing verde do que é verdadeiramente solução. Pensar verde nem sempre é usar e abusar de tecnologia, as vezes boas soluções de projeto fazem um prédio mais econômico em termos ambientais.

- O uso de materiais ecologicamente corretos são considerados na hora da compra de um imóvel?
Sim, na medida em que são encontrados. Ainda existe uma carência de oferta e ainda se esbarra no preço mais elevado.  

- Quais são as alternativas ecológicas existentes?
Várias. Em primeiro lugar pensar em produtos locais. Não adianta importar um maravilhoso produto eco de bem longe, se o gasto energético em transporte supera o ganho. As alternativas ecológicas nunca são pontuais, elas são um conjunto de soluções que passam pelo projeto bem pensado e que evite retrabalho e desperdício de material. 

- O que se deve considerar na hora de construir, reformar ou decorar para gerar o mínimo impacto ambiental?
Pensar sempre com o tripé basico dos 3Rs - Redução, reúso, reciclagem. Vou colocar um link do meu blog onde está melhor explicado 

- Quem já têm uma residência, como pode se adaptar para ser mais ecologicamente correto?
 http://arquitetandoideias.blogspot.com/2009/10/mudando-sem-gastar-muito.html - vou dar um exemplo de uma reforma que fiz. Em vez de desmanchar e fazer tudo de novo, procurar aproveitar o existente (ou seja, redução de material novo e reúso do velho). Checar vazamentos, fazer um bom isolamento térmico que evite uso exagerado de condicionamento artificial, mudar para energia solar, mudar vasos sanitários que gastam muito por outros mais modernos, colocar arejadores em torneiras que ajudam a economizar água, ou seja, pequenas mudanças já ajudam bastante  

- Existe um imóvel 100% verde, que não agrida o ambiente?
Não. Toda construção nova é uma intervenção que gera gastos ao meio ambiente. O que se pode fazer é tentar minimiza-los ao máximo. O que é muito importante saber é que sustentabilidade não é moda, é atitude. (veja link aqui  http://arquitetandoideias.blogspot.com/2011/12/sustentabilidade-e-atitude.html)

- Quais são as novidades nesse mercado? Existem materiais inusitados utilizados?
Novidades existem várias e em todos os setores. Madeiras plásticas (  http://arquitetandoideias.blogspot.com/2011/11/garimpando-materiais-madeira-nao-casca.html) ou materiais que as imitam são uma alternativa bem bacana. Outros que gosto bastante sãos os que reciclam garrafas pet para telhas e os telhados e paredes verdes, que embelezam a ajudam a reduzir o calor interno nas residências.
 
- Já existem novas tecnologias para atender essa demanda?
Surgem todo dia novas tecnologias - principalmente no setor de energia (painéis fotovoltaicos, janelas que geram energia ( http://arquitetandoideias.blogspot.com/search/label/energia%20solar)

- Quais são os materiais alternativos mais procurados?

Os que imitam madeira, as madeiras de demolição, os materiais de demolição (janelas, portas, tijolos), bambu
 





Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Ideias de como usar nichos para decorar seus espaços

Aproveitando nichos para decorar sua casa ou seu escritório. 

Veja algumas ideias interessantes de como fazer desde pequenos detalhes que enfeitam até aproveitamento de vãos que guardam objetos e auxiliam na organização.

Simplicidade:A elegância mora nos detalhes e na síntese. Um rasgo bem usado, sem maiores excessos, apenas salientado pelo uso de cor e pequeno detalhe em madeira. Atentem para a iluminação nas laterais e em como o rodapé acompanha o rasgo.

Transparência e estrutura em madeira na nova loja da Apple na Tailândia

Uma grande árvore em madeira cercada por um fechamento em vidro é a aparência da maior loja da Apple na Tailândia. Projetada pelo renomado estúdio de Foster + Partners foi inaugurada em julho de 2020, em plena pandemia.

Batizada de Apple Central World, a loja tem um diâmetro de 25 metros e sua forma foi gerada por uma curva de Bezier 360 °, uma curva paramétrica usada em computação gráfica. Veja AQUI mais detalhes de como foi feito.

Todos sabemos que a Apple segue o conceito de se diferenciar em inovação e as suas lojas representam esse modo de se posicionar no mercado. Na nova loja asiática são usados 1461 perfis de carvalho branco europeu no revestimento da coluna de suporte do telhado. 


A aparência interna é de um grande tronco que sustenta a copa de madeira em balaço. Uma escada de aço inoxidável serve de conexão para os andares. O prédio tem um fechamento totalmente envidraçado o que permite a visão da cidade e a transparência externa para quem vê o prédio que se mostra e convida ao…

Buhais Geology Park, inspiração em ouriços de 65 milhões de anos

O Buhais Geology Park é um local de magnífica importância pré-histórica e geológica, localizado nos Emirados Árabes Unidos. Há evidências científicas de que foi um mar cerca de 65 milhões de anos atrás. Para expor as coleções de fósseis marinhos e outros objetos relevantes da eras da Pedra, Bronze e Ferro, o escritório Hopkins Architects projetou cinco interessantes espaços circulares, interconectados e que servem para acomodar não apenas as áreas de exposição, mas também várias instalações para visitantes, entre elas um teatro e um café. 


Segundo o site dos arquitetos, a inspiração para a forma dos espaços de exposição foram os ouriços fossilizados. Para não causar muitos danos ao meio ambiente, as edificações "foram projetados como estruturas de concreto pré-fabricado e apenas tocam levemente o solo em discos de fundação de concreto armado in-situ."



As estruturas de concreto são revestidas com painéis de aço coloridos para se adequarem à paisagem. Estes painéis, que dão a ap…

Gavetas e detalhes que fazem diferença na cozinha

Organizar. Sempre um desafio na hora de planejar móveis e espaços. E um dos locais onde mais precisamos de locais coringas para guardar coisas são nas nossas cozinhas. 
Haja gavetas, nichos, cantinhos que podem ser aproveitados para os mais diversos usos. Separei algumas ideias para inspiração Aproveitando rodapés: Muitos colegas tem optado por fazer os rodapés de armários de cozinha em alvenaria e revestir a frente com pedras ou cerâmicas. É uma solução pratica principalmente pela limpeza e umidade. Mas se sobrar espaço e a opção for usar rodapés, eles podem ser usados para guardar várias coisas. (Confesso que não sei se são o melhor local para guardar vinhos, mas quem sabe...)   Porta trecos e panos de prato: Eles são super práticos porque aproveitam espaços pequenos e estreitos e guardam aquelas coisas meio feias quando ficam à vista. Não recomendo guardar panos de prato úmidos. E esse porta facas abaixo, ao lado do fogão, é super prático!  
Outro exemplo de aproveitamento de canto par…