Ideias para tornar a casa mais aconchegante no inverno

Imagem
O frio chega na região sul com a força do inverno. Os dias se tornam mais cinzas, a cerração cobre as manhãs, os gramados se cobrem de geadas. O coração se aperta pelos que nada tem. O inverno é um estágio da natureza, um resguardo para uma nova primavera, nos ciclos que marcam o mundo e as nossas vidas. O mundo se contrai e se expande. E nós com ele. Aos que tem a benção de ter uma casa, coloco abaixo algumas inspirações de como trazer mais aconchego aos lares.   Inverno É tudo o que sinto Viver É sucinto Paulo Leminski Cores e animais trazem sempre um clima de calor aos lares. Hora de colocar mantas , almofadas coloridas, materiais felpudos e muitos locais onde se deixar ficar para curtir uma série, uma música, uma sopa.     Quem vive em regiões mais frias sabe como é difícil acordar e sair debaixo das cobertas. Especialmente quando usamos edredons de penas, muitos travesseiros e deixamos nossos quartos com a cara do aconchego .   Redes no inverno? Sim e com certeza! Um canto especi

Quando não ganham, crianças inventam seus brinquedos


National Geographic dezembro 2001

Estava relendo umas revistas antigas no escritório e achei essa página. Confesso que me emocionei. São exemplos de brinquedos que crianças do mundo inteiro fazem dos mais diversos materiais. 

Nesta época do ano em que as lojas estão entulhadas de brinquedos eletrônicos caríssimos e/ou tecnológicos, ver a criatividade de quem, não tendo dinheiro para ter acesso à esses brinquedos, tem uma outra coisa que não tem preço: criatividade !

Esta coleção teve origem em um presente de um menino do Quênia para o presidente de uma organização de assistência à infância. 

Ao elogiar a criatividade do brinquedo feito de um chinelo, duas varas e um saco plástico, foi surpreendido pela generosidade do garoto, que o deu de presente ao homem. 

Vendo ali uma oportunidade de mostrar que por trás de números e estatísticas de crianças carentes, existiam rostos e histórias, ele reuniu cerca de 300 desses brinquedos, vindos de todos os locais do mundo e os apresentou em forma de exposição. 



Alguns vem de zonas que sofreram violências como guerras ou invasões. Outras trazem sonhos que são universais. Todas tem em comum o universo infantil e a capacidade de sonhar e criar.








E o menino do barco ? Ganhou um de verdade para sua aldeia que hoje ajuda na indústria de pesca da região e na proteção contra invasores vizinhos... 









Comentários

  1. Bacana. Na minha infância eram comuns essas atividades. Pena que são tão pouco estimuladas hoje em dia. Um abraço.

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Sua opinião é super importante para nós ! Não nos responsabilizamos pelas opiniões emitidas nos comentários. Links comerciais serão automaticamente excluídos

Postagens mais visitadas deste blog

Ideias de como usar nichos para decorar seus espaços

Gavetas e detalhes que fazem diferença na cozinha

10 ideias de almofadas e afins para gateiros