MG08 habitação flexível

Imagem
Habitar uma casa movimenta uma série de sonhos e emoções. Possuir uma casa evoca ancestrais desejos de segurança. Mas nem sempre as necessidades permanecem as mesmas. As situações de fora e de dentro se modificam e pedem espaços que sejam flexíveis. A Maria Guerrero, também conhecida como MG08 em Madri, projetada pelo Studio Burr , foi pensada para ser uma habitação que possa ser transformada de acordo com essas novas necessidades dos moradores.   María Guerrero é uma casa que nasceu dividida em duas. Para poderem arcar com os custos de aquisição e construção, os habitantes deste empreendimento iniciam a sua vida neste espaço ocupando metade da casa e alugando a outra metade como habitação independente. Apesar da narrativa interessante, me pareceu muito com essas casas geminadas onde se coloca uma parede no meio, que pode ser removível se houver interesse em unir os espaços. Algo que já vem sendo usado e que, com um nome interessante, chama mais a atenção.  Segundo o site dos arquiteto

Casas vivas e a energia eólica

O projeto de uma casa viva que tenha várias maneiras de geração de energia é um velho sonho de arquitetos e pessoas interessadas em um projetos sustentáveis. O uso do sol e de células fotovoltaicas é cada vez mais comum e vem se tornando mais barato a medida em que a demanda cresce. Vejam AQUI um belo exemplo de como utilizar projetos super em conta para captar a energia solar.




Fonte Casa Viva
Outra forma de captação de energia é a eólica. Éolo era na mitologia grega chamado de o senhor dos ventos. E é possível se pensar em usar essa forma de energia em residencias. Abaixo podem ver dois exemplos de uso em um edifício e em um residencial de casas, em que a energia dos ventos é usada como auxiliar nos horários de pico, gerando uma economia a médio prazo para o condomínio, além das vantagens ambientais. 
Primeiro edifício a funcionar com energia eólica no Brasil

Residencial utiliza turbinas eólicas para eletricidade
E é possível sim construir turbinas caseiras, como mostra o esquema a seguir, tirado desse site que mostra esquematicamente como avaliar se o local pretendido é viável e como montar um gerador eólico caseiro.
Fonte

Ela possui várias vantagens no seu uso: é barata, não poluente, é inesgotável. Entre as suas desvantagens para uso caseiro estão a necessidade de um local bastante adequado em termos de vento sob pena de não ser eficiente e  o barulho das turbinas. Mas em locais de difícil acesso de energia pública e aliada à captação de energia solar ela pode ser um poderoso auxilio para muitas residências.  

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Ideias de como usar nichos para decorar seus espaços

Gavetas e detalhes que fazem diferença na cozinha

10 ideias de almofadas e afins para gateiros