Estúdio com 30m2 tem construção econômica e resultado belo

Imagem
O  BAAQ  é um escritório de arquitetura mexicano que desenvolveu este projeto para um estúdio de descanso, o Chiapas Studio. Os requisitos eram economia na construção e manutenção. O resultado ficou muito interessante.  Com cerca de 30 m2 a construção aproveita a ventilação natural e como a região tem verões quentes, aproveitam a grande cobertura em bambu para criar uma varanda coberta para ser usada nos dias quentes. Para os dias frios, a parte inferior, com paredes de painéis de cimento e poliestireno de alta densidade, abriga como sala de estar.

Torne sua casa segura para seu gato

"O gato, só o gato apareceu completo e orgulhoso:
nasceu completamente terminado,
anda sozinho e sabe o que quer.
Os animais foram imperfeitos, compridos  de rabo, tristes de cabeça.
Pouco a pouco se foram compondo, fazendo-se paisagem,
adquirindo pintas, graça, vôo.
O homem quer ser peixe e pássaro
a serpente quisera ter asas,
o cachorro é um leão desorientado,
o engenheiro quer ser poeta,
a mosca estuda para andorinha,
o poeta trata de imitar a mosca,
mas o gato, quer ser só gato
e todo gato é gato, do bigode ao rabo,
do pressentimento à ratazana viva,
da noite até os seus olhos de ouro.”
Ode ao Gato”-PABLO NERUDA)

Essas recomendações foram retiradas do site How Stuff Work  - Como tudo funciona ?





Cortinas, venezianas e cabos elétricos -
  •  ara segurança máxima, amarre ou prenda todos os cordões das cortinas, deixando-os longe do alcance dos felinos.
  • Cuide para que os fios elétricos e telefônicos não fiquem muito expostos. Procure passar os fios elétricos a vista em canaletas ou tiras de vinil resistentes para impedir que os animais, a até mesmo pessoas tropecem neles. Para caso de gatos muito ativos revestir os cabos com uma substância de gosto ruim, por exemplo, uma substância amarga, pode resolver o problema.

Fluidos de limpeza, anticongelante e outros tóxicos
  • Cuidado com produtos de limpeza que possam fazer mal aos animais. Desinfetantes à base de pinho e aqueles que contêm fenol devem ser evitados para higiene dos objetos que os gatos usem. A regra prática é: se você mantém o produto longe do alcance de crianças, mantenha-o longe do alcance do gato.

Plantas venenosas 

  • A lista de plantas potencialmente venenosas inclui: abricó (damasco), azálea, botão-de-ouro, caladium, copo-de-leite, mamona, cereja (galhos, folhas, tronco, frutos e caroços), crisântemo, açafrão, narciso (bulbos), loureiro (frutos), azevinho, hortênsia, lírio (folhas, raiz e partes suculentas), hera, lírio-do-vale (folhas, flores, raiz), erva-de-passarinho (sobretudo os frutos), cogumelos, narciso (bulbos), carvalho (bolotas, brotos novos e folhas), espirradeira, pêssego (caroço), filodendro, hera venenosa, batatas ("olhos" e brotos que deles se originam; a parte comestível da batata é segura), alfena, jequiriti (sementes pretas e vermelhas brilhantes),estrela-de-belém (bulbo), Senecio rowleyanus, Rhus diversiloba, ervilha-de-cheiro (semente e vagem) e Dieffenbachia (comigo-ninguém-pode)

Janelas, sacadas e telas
  • Usar telas fortes e que se encaixem perfeitamente na esquadria, já que gatos são bichos muito espertos e contorcionistas. Conseguem passar em espaços que nem imaginamos. E as telas devem ser inspecionadas todo ano, principalmente no final do inverno, em regiões frias do país.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Ideias de como usar nichos para decorar seus espaços

Gavetas e detalhes que fazem diferença na cozinha

10 ideias de almofadas e afins para gateiros