MG08 habitação flexível

Imagem
Habitar uma casa movimenta uma série de sonhos e emoções. Possuir uma casa evoca ancestrais desejos de segurança. Mas nem sempre as necessidades permanecem as mesmas. As situações de fora e de dentro se modificam e pedem espaços que sejam flexíveis. A Maria Guerrero, também conhecida como MG08 em Madri, projetada pelo Studio Burr , foi pensada para ser uma habitação que possa ser transformada de acordo com essas novas necessidades dos moradores.   María Guerrero é uma casa que nasceu dividida em duas. Para poderem arcar com os custos de aquisição e construção, os habitantes deste empreendimento iniciam a sua vida neste espaço ocupando metade da casa e alugando a outra metade como habitação independente. Apesar da narrativa interessante, me pareceu muito com essas casas geminadas onde se coloca uma parede no meio, que pode ser removível se houver interesse em unir os espaços. Algo que já vem sendo usado e que, com um nome interessante, chama mais a atenção.  Segundo o site dos arquiteto

O Fazer um Lar


Estou em período de gestação de um futuro lar. É assim que sinto um novo projeto. Não são apenas linhas, futuras estruturas que ali se formam. São espaços que abrigarão humores, amores, vidas que se farão. Não imagino conceber um projeto se não compartilhar esses momentos, se não souber por um momento antevê-los, imagina-los. Uma mesa que se encherá de gente, uma cozinha que se encherá de odores e guloseimas, um quarto onde amores se farão e onde se viverá entre risadas e suores. Uma sala que se fará aconchegante, onde a luz do sol entrará e trará com sua luz mais um dia de vida plena.

Meus amigos, Oscar e Sil também estão em gestação de um novo lar. O Oscar é um genial arquiteto e está tendo o privilégio de conceber o seu ninho que já recebeu o nome sugestivo de moradanamorada, evoluindo para Gaiola. Foram eles que me brindaram com o belo pensamento abaixo.

"O ambiente é a alma das coisas. Cada coisa tem uma expressão própria, e essa expressão vem-lhe de fora. Cada coisa é a intersecção de três linhas, e estas três linhas formam esta coisa: uma quantidade de matéria, o modo como interpretamos, e o ambiente em que está. Esta mesa, a que estou escrevendo, é um pedaço de madeira, é uma mesa, e é um móvel entre outros aqui neste quarto. A minha impressão desta mesa, se a quiser transcrever, terá que ser composta das noções de que ela é de madeira, de que eu chamo àquilo uma mesa e lhe atribuo certos usos e fins, e de que nela se refletem, se inserem, e a transformam, os objetos em cuja justaposição ela tem alma externa, o que lhe está posto em cima. E a própria cor que lhe foi dada, o desbotamento desta cor, as nódoas e partidos que tem - tudo isso, repare-se, lhe veio de fora, e é isso que, mais que sua essência de madeira, lhe dá a alma. E o íntimo desta alma, que é o ser mesa, também lhe foi dado de fora, que é a personalidade." Do Livro do Desassossego. Fernando Pessoa 

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Ideias de como usar nichos para decorar seus espaços

Gavetas e detalhes que fazem diferença na cozinha

10 ideias de almofadas e afins para gateiros