La Jardinera Violeta Parra


Hoje, assistindo a uma homenagem para Mercedes Sosa, lembrei de meus vinte anos, das ideias de liberdade que partiam de nossos corações amordaçados por regimes de força em toda América Latina. Hoje nossos jovens não sabem o que foi isso e tomara que nunca saibam.

Violeta, Mercedes, mulheres guerreiras, mulheres latinas, vozes que se elevavam acima das armas e das botas, fazendo vibrar nosso entusiasmo em um mundo melhor. Diferente daquele que vivíamos.

Elas se foram, nossa juventude se foi. Muitos de nossos heróis estão hoje no poder. Outros se perderam na curva do tempo. Mas dentro de cada um de nós que viveu e sonhou, perdura a esperança. Porque essa não morre jamais.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

10 motivos para NÃO fazer arquitetura

10 ideias de almofadas e afins para gateiros

Gavetas e detalhes que fazem diferença na cozinha