Publicidade

Postagem em destaque

10 Lições que aprendi na faculdade de Arquitetura

Recebo algumas correspondências falando de como os leitores gostaram dessa ou de outra postagem aqui do blog. E sempre fico super feliz! É ...

2014/09/01

Sergio Rodrigues - obrigada Mestre

"Casa que não tenha estudo do interior é escultura, arquitetura não é só a casca." 

Esta frase de Sergio Rodrigues definitivamente me representa. Nunca consegui projetar de fora para dentro ou sem imaginar como aquele espaço seria mobiliado. Brincalhão, debochado as vezes, arquiteto, designer, talentoso. Alguém que soube compreender que valorizar a sua raiz fazia diferença no mundo.

"Muita gente imagina que os móveis brasileiros começaram a ter sucesso nas últimas décadas, quando na realidade eu ganhei prêmio na Itália nos anos 60. Já naquela época tinha representante nos Estados Unidos. A diferença é que agora são lojas físicas, com vitrine, visitadas por arquitetos, o que dá mais visibilidade ao trabalho" (Sergio Rodrigues - Fonte)

O móvel não é só a figura, a peça, não é só o material de que esta peça é composta, e sim alguma coisa que tem dentro dela. É o espírito da peça. É o espírito brasileiro. É o móvel brasileiro”. (Sergio Rodrigues - Fonte)

Para quem como a gente, que trabalha na área, e se acostumou a ver as suas criações como clássicos do design, saber de sua partida é um choque. Mais um choque desse 2014 que está levando para outra dimensão tantas pessoas brilhantes. Como em cada passagem, além da tristeza da perda, ficam as obras, o exemplo, a vida que se revive em cada cadeira, em cada olhar e palavra que ficam como legado.

E fica o nosso muito obrigada. Todo mestre nos ensina um pouco. Nos mostra um caminho de luz. 

 “Gesamtkunstwerk (obra de arte total, em alemão) é a palavra que descreve melhor a obra do Sérgio. De seus móveis, aos seus desenhos, casas e até o seu trabalho como cenógrafo ele sempre fez tudo com muito bom gosto, harmonia e humor. Tanto pelas casas quanto pelos móveis, você percebe claramente que a preocupação maior dele é com o conforto, e mesmo assim cada peça é uma obra de arte. Ele cria móveis para ele, a esposa, os filhos, os cachorros, os gatos sentarem, e também para ler o jornal e contar histórias” (cineasta Peter Azen sobre o arquiteto)

Leia AQUI entrevista com Sergio Rodrigues
Saiba mais sobre Sergio Rodrigues AQUI 
e AQUI

sergio rodrigues e butzke | um olhar para o design from bamboo on Vimeo.

Comentários
0 Comentários

0 Opiniões:

Publicidade

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More