Publicidade

Postagem em destaque

10 Lições que aprendi na faculdade de Arquitetura

Recebo algumas correspondências falando de como os leitores gostaram dessa ou de outra postagem aqui do blog. E sempre fico super feliz! É ...

2013/09/18

Clean Hub - solução auto-sustentável em zonas carentes

Um dos maiores problemas em áreas afetadas por cataclismos e campos de refugiados são os sistemas de infra estrutura. Imagine se já difícil prover teto para tantas pessoas, como será abastece-las com água potável, eletricidade e saneamento....

Pois esse "Cubo Limpo" foi projetado para resolver esses problemas. Um container que pode ser facilmente transportado e implantado em qualquer lugar em poucos dias. Uma maneira de mostrar como a Arquitetura pode ser solidária e ajudar a resolver problemas de pessoas carentes promovendo saúde e qualidade de vida em locais carentes e sem recursos.





Essas zonas de abrigos devem, por costume e política própria, não contar com construções permanentes, o que reduz possibilidades. Mas esse container se enquadra nas chamadas construções efêmeras, uma vez que pode ser transportado e ao mesmo tempo é auto-sustentável, o que diminui os custos de manutenção, outra meta bastante desejável. Utilizando placas fotovoltaicas para armazenar energia, contando com um reservatório de água, um sistema de captação de água da chuva, filtragem de água e banheiros de compostagem, ele se torna uma grande ajuda para a saúde das populações nesses locais. Além disso, ele ainda pode ajudar na economia porque pode produzir o composto orgânico que pode ser usado em uma agricultura local.

Várias ONGs o aprovaram e já pediram que seu uso fosse ampliado para novos projetos: centro móvel de vacinação, maternidade, teatro móvel e centro comunitário

"Enquanto o nosso primeiro protótipo concentra-se em resposta a desastres e campos de refugiados, vemos o Clean Hub alcançando todos aqueles que vivem sem abastecimento adequado de água, saneamento ou energia."
John Dwyer, professor

Projeto Shelter Architecture em colaboração com a Architecture for Humanity
Fonte

Comentários
0 Comentários

0 Opiniões:

Publicidade

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More