Publicidade

Postagem em destaque

10 Lições que aprendi na faculdade de Arquitetura

Recebo algumas correspondências falando de como os leitores gostaram dessa ou de outra postagem aqui do blog. E sempre fico super feliz! É ...

2012/12/31

Desvirtualizar - palavra de 2013

ON - OFF

Belo vídeo que recebi de presente do Paulo Oliveira nesse fim de ano. O Paulo é uma das pessoas legais que o mundo virtual me presenteou. A gente não concorda em algumas coisas, mas em outras sim e isso se chama convivência.

Nesses anos de mundo virtual ( e lá se vão duas décadas!) aprendi muito. Ontem falei aqui sobre o passado. Hoje falo sobre o futuro. Próximo.

Uma meta de 2013. DESVIRTUALIZAR.


Alguns dos meus melhores momentos de 2012 foram esses em que pude afinal conhecer ao vivo e se mexendo gente que conhecia da telinha. Meu modus de vida me leva a um intenso contato com o computador. Trabalho nele e ultimamente me divirto nele. É muito. Tenho que trabalhar nisso. É bom estar ON. Eu conheço gente, eu sei o que está acontecendo, eu compartilho MAS...

Estar OFF também me leva a ver e sentir o mundo real ao meu lado. Lembro de uma passagem de HAIR onde um cara que queria mudar o mundo na década de 60 se esquecia da mulher e do filho. Cena forte. A música é uma das mais belas do filme e reproduzo a letra e o video abaixo.


How can people be so heartless
How can people be so cruel
Easy to be hard
Easy to be cold

How can people have no feelings
How can they ignore their friends
Easy to be proud
Easy to say no

And especially people
Who care about strangers
Who care about evil
And social injustice
Do you only
Care about the bleeding crowd?
How about a needing friend?
I need a friend

How can people be so heartless
You know I'm hung up on you
Easy to give in
Easy to help out

And especially people
Who care about strangers
Who say they care about social injustice
Do you only
Care about the bleeding crowd
How about a needing friend?
I need a friend

How can people have no feelings
How can they ignore their friends
Easy to be hard
Easy to be cold
Easy to be proud
Easy to say no
 Será que lá atrás como agora é mais fácil apertar um botão do que falar com alguém, olho no olho ? Me assusta a violência que vejo nas respostas ao que não se gosta. Me assusta a pouca gentileza do dia a dia. Me assusta que gente educada seja vista como exceção.

Talvez um pouco menos de estar ligado, me ajude a voltar a ter mais sensibilidade. Quero me assustar menos comigo. Quero falar mais. Quero focar mais. Quero estar mais no mundo real. Quero desvirtualizar.

Comentários
1 Comentários

1 Opiniões:

Elenara,

Também sinto essa necessidade.
Afeição do olhar, do toque, do interagir fisicamente (abraços, beijos...)do arrepio....

Feliz Dia Novo!

Beijinhos

Publicidade

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More