Publicidade

Postagem em destaque

10 Lições que aprendi na faculdade de Arquitetura

Recebo algumas correspondências falando de como os leitores gostaram dessa ou de outra postagem aqui do blog. E sempre fico super feliz! É ...

2012/10/12

Uma escola para estimular a criatividade



Que tal um espaço todo rico e uma proposta de interação e estímulo à criatividade em uma escola. Pois essa é a tônica nessa escola na Suécia. 


Ela em nada lembra as rígidas salas com hierarquias e parecem mais com modernos ambientes do vale do silício, de onde saem os programas e ideias que vem mudando nosso modo de viver.

Os espaços propiciam o encontro, as chamadas "zonas de colaboração, casas-dentro-casas, e uma série de outros recursos que são destinados a promover "a curiosidade e a criatividade." O projeto do arquiteto Rosan Bosch incentiva tanto o estudo solitário como o em grupo e cada peça é pensada para ajudar os estudantes a aprenderem. Além da concepção do espaço, a escola não separa os alunos por idade, mas por nível de aprendizado.

Quem me deu a dica sobre elas foi o colega Wagner Gonzales. 

Tudo bem, vão dizer: ah! Mas é na Suécia e lá é primeiro mundo, eles são lindos, diferentes, tem outra cultura. Mas juro que ele não tem a mesma criatividade que nós temos como cultura. E porque então não apostar em projetos locais que estimulem nossas crianças a exercer o que temos de tão bom que é a nossa capacidade de criar ? Espaços ricos não precisam ser caros. Mobílias podem ser recicladas, veja um belo exemplo AQUI. Ao invés de ficarmos só suspirando pelo mundo de acolá, vamos criar o nosso aqui e dar para as nossas crianças um belo presente: locais para estimular sua imensa vontade de aprender. 

Comentários
0 Comentários

Publicidade

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More