Publicidade

Postagem em destaque

10 Lições que aprendi na faculdade de Arquitetura

Recebo algumas correspondências falando de como os leitores gostaram dessa ou de outra postagem aqui do blog. E sempre fico super feliz! É ...

2008/04/20

Obra


Após contratar o arquiteto(a) e juntos, acertarem o projeto, começa a parte mais interessante: A OBRA.
No início você chega todo feliz e mesmo vendo aquela demolição, tudo bem...é por uma boa causa.
Mas passa o tempo, o dinheiro sai e você só vê cali
ça saindo e parede sendo quebrada. E pó...muito pó. A faxineira se mandou e disse que só volta no final da obra.

E aí começa a fase do JAQUE. Já que estamos quebrando, quem sabe mudamos também o banheiro ? Já que....

Aos poucos uma luz aparece no fim do túnel.
O piso, os acabamentos. E mais gastos. Mas os resultados começam a aparecer. Agora você inicia a compreender realmente o projeto que o arquiteto(a) apresentou com tanto entusiasmo. Os vizinhos vem espiar e elogiam. Você não vê a hora da inauguração. E de parar de gastar.....

As luminárias, os móveis, tudo vai se encaixando no lugar e eis que surge um novo espaço no lugar daquele velho.

E daí você feliz, já pensa na próxima obra...

Fotos: Residência Maltz - projeto e execução Arq. Elenara Stein Leitão

Recomendações profissionais:

  • Reveja com o seu arquiteto(a) todos os pontos do projeto para que não haja surpresas na execução. É barato refazer no papel ou no computador, mas sai bem mais caro na obra. Sem contar que o resultado pode não ser o sonhado.
  • Em áreas molhadas, cheque os encanamentos se já tiver alguns anos de uso. E se for possível deixe uma inspeção em colunas de água e esgoto para evitar futuras quebras.
  • Compre o material cerâmico com uns 5 a 10% de quebra para eventuais reparos futuros.
  • Se você for fazer muitas frituras (o que não é saudável) use revestimento cerâmico na cozinha. É mais lavável.
  • Pense em colocar muitas tomadas na cozinha, sempre cuidando com a carga elétrica.
  • Ao escolher fornecedores, não leve em consideracão apenas o preco, mas as recomendações de trabalhos realizados e clientes satisfeitos. De preferência, não pague nada antes do fornecimento. E deixe os itens bem claros no orçamento.
 Gostou? Compartilhe com seus amigos!

Curta no Facebook  Assine no Flipboard
 

Comentários
0 Comentários

0 Opiniões:

Publicidade

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More