Pular para o conteúdo principal

Nossas paredes falam por nós

Falamos do quê em nossas paredes? Passamos recados do que sentimos e somos. Ah...se nossas paredes falassem...

Lembro de quando era pré adolescente e enchi minhas paredes de recortes. Colados para o desespero de minha mãe. Eles até consultaram um psicologo da família sobre isso e ele disse que era só um meio de expressão. Devia ser de família, já que meu irmão fez um mural com fotos das revistas masculinas da época.

Hoje, em tempos em que a manifestação de ideias se torna quase lei pelas redes sociais, os adornos que expressam opinião, ideias, ou coisas que nos representam, ganham cada vez mais nossas paredes. E não apenas as dos adolescentes.
FONTE
Em uma simples consulta na web podemos encontrar uma infinidade de quadrinhos, almofadas e enfeites que passam nossos recados e como nos vemos. Ou como queremos que nos vejam. Eles tomam conta de nossas decorações como os vasinhos e fotos que humanizavam as estações de trabalho tão iguais de algum tempo atrás.
FONTE
O que nos faz ter a necessidade premente de mostrar que somos diferentes? Talvez a padronização extremada que nos separa em nichos - os jovens, adultos, velhos (que passam a ser os de melhor idade numa ironia que chega a ser amarga....). Somos enquadrados em tribos, em modos de pensar, em rótulos. E de maneira simplória. Mania do mercado que nos enxerga como máquinas de consumo passou aos seguidores de redes sociais que, não nos conhecendo em essência, precisam se apegar a sinais para nos encaixar em definições por um simples teclar.



E nós, talvez em defesa, nos botamos a passar mensagens visuais, já que o discurso mais complexo parece ser coisa de antanho. A palavra antanho já revela a idade vetusta dessa que vos tecla. 


FONTE

Se as ideias passam a ser expressa por signos visuais e videos, maneira de expressão das novas gerações, segundo leio nas pesquisas e tendências, nada mais natural que ganhem paredes, roupas, capinhas de celulares e qualquer outro meio que mostre um pouco de quem somos, sem que precisemos falar. 

FONTE
Para quem nos conhece pela vez primeira, entrar em nossa casa e reconhecer nossas preferências de modo direto pode evitar mal entendidos. Talvez.


FONTE

Frases bombásticas passam mensagens claras. Não entende quem não quer. As sutilezas e as descobertas com o tempo parecem coisa do passado nessa era de velocidade e pouca profundidade. 


FONTE
Pareço amarga. Não é a intenção. Apenas procuro ver com um olhar diferente tudo o que vira mania. Ou moda. 

Coisa minha. Detesto quando algo que gosto vira moda. Parece uniforme. Todos passam a usar, nem sempre por dar prazer, mas porque todos fazem. E fazer algo porque todos fazem não me parece uma atitude inteligente. Mas é coisa minha. 

Pensando bem, acho que vou fazer um quadro com essa frase e colocar na parede de casa....ou no instagram... (rsss, foi ironia. E que tempos bicudos quando até as ironias precisam ser explicadas). 
FONTE
Mas já que é sábado e é tempo de descansar, que venham as mensagens boas. Aliás que venham as mensagens. Porque ruim mesmo é não poder se expressar. Seja lá de forma for....


Nos siga também nas redes sociais

Twitter Flipboard Facebook Instagram Pinterest snapchat: arqsteinleitao

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Ideias de como usar nichos para decorar seus espaços

Aproveitando nichos para decorar sua casa ou seu escritório. 

Veja algumas ideias interessantes de como fazer desde pequenos detalhes que enfeitam até aproveitamento de vãos que guardam objetos e auxiliam na organização.

Simplicidade:A elegância mora nos detalhes e na síntese. Um rasgo bem usado, sem maiores excessos, apenas salientado pelo uso de cor e pequeno detalhe em madeira. Atentem para a iluminação nas laterais e em como o rodapé acompanha o rasgo.

Gavetas e detalhes que fazem diferença na cozinha

Organizar. Sempre um desafio na hora de planejar móveis e espaços. E um dos locais onde mais precisamos de locais coringas para guardar coisas são nas nossas cozinhas. 
Haja gavetas, nichos, cantinhos que podem ser aproveitados para os mais diversos usos. Separei algumas ideias para inspiração Aproveitando rodapés: Muitos colegas tem optado por fazer os rodapés de armários de cozinha em alvenaria e revestir a frente com pedras ou cerâmicas. É uma solução pratica principalmente pela limpeza e umidade. Mas se sobrar espaço e a opção for usar rodapés, eles podem ser usados para guardar várias coisas. (Confesso que não sei se são o melhor local para guardar vinhos, mas quem sabe...)   Porta trecos e panos de prato: Eles são super práticos porque aproveitam espaços pequenos e estreitos e guardam aquelas coisas meio feias quando ficam à vista. Não recomendo guardar panos de prato úmidos. E esse porta facas abaixo, ao lado do fogão, é super prático!  
Outro exemplo de aproveitamento de canto par…

10 ideias de almofadas e afins para gateiros

Festas....fiquei aqui arquitetando postagens bem suaves e lindas para esses momentos. Hoje resolvi brindá-los com 10 adoráveis ideias para almofadas, pesos de porta, mobiles e outras utilidades para amantes de gatos.

Nós, os gateiros, somos uma população em ascensão no mundo. Esses seres peludos, cheios de personalidade e amor próprio nos arrebatam. Adoramos mimá-los. E eles adoram que a gente os mime....uma parceria perfeita

1- Petit Pois e gatos. Uma dupla perfeita. Ambos sempre elegantes e cheios de charme! 
2- Mobile. Adoro! Mesmo já crescida, acho que não precisam ser só adorno de quartos infantis (meu lado criança, fazer o que????). Esse aí de cima, por exemplo, achei um mimo. 
3- Quem não ia querer entrar nessa casa tão felinamente convidativa??? Quero um para a minha porta! 
4- Patchwork e gatos!!! Tudo a ver também. lembra borralho, fogo, casa da vó e tudo isso lembra aconchego. E nada mais aconchegante que a figura de um gato, pachorrento, deitado ao pé do fogo. (Gateiros enten…

Interno I - escada como elemento formal destacado

A escada como elemento formal de ligação entre os dois andares desta reforma que o escritório do arquiteto italiano Alfredo Vanotti executou chama a atenção pela beleza e fluidez.Feita em ferro e pintada em branco ela não apenas é ponto focal, como serve de divisória para os espaços de estar e cozinha.
O espaço amplo servia de escritório e agora abriga área social no térreo e dormitório com banheiro no piso superior. Tudo isso em um estilo enxuto e ao mesmo tempo aconchegante.Coerente com a proposta do arquiteto de que a sua arquitetura deve falar por si mesma.
Nos siga também nas redes sociais
TwitterFlipboardFacebookInstagramPinterest