Pular para o conteúdo principal

Anthony Howe, o artista da magnífica Pira Olímpica Rio 2016

Abertos os jogos das Olimpíadas Rio 2016 de maneira emocionante. Gostei demais da cerimônia de abertura (e lá abaixo digo rapidamente o que gostei mais e o que não gostei). Mas nessa postagem vou falar de uma imagem impactante para mim e para outros amigos e colegas: a Pira Olímpica.

Sempre um dos momentos mais significativos das aberturas, seja por quem acende a Pira, seja pela sua forma, ela veio nos jogos cariocas em uma escultura do artista americano Anthony Howe. e foi acesa por um autêntico representante do verdadeiro espírito olímpico, o Vanderlei Cordeiro de Lima.  
Pira Olímpica Rio 2016
O impacto daquela "cuia" (gaúchos entenderão) subindo para o sol e este se movimentando e criando efeitos de luz e magia foram realmente maravilhosos. Uma escultura cinética, criada em computador com programas em 3D, posteriormente cortadas a laser para então, serem modeladas em trabalhadas estruturas. 
A arte cinética, é uma corrente das artes plásticas que explora efeitos visuais por meio de movimentos físicos ou ilusão de óptica ou truques de posicionamento de peças.[1] Fonte - Wikipédia


Mas não pensem que, por usar de tecnologia, suas esculturas não espelham suas concepções de vida e no seu caso, suas visões de sabedoria xamânica. Ele trabalha em uma área rural, muitas de suas esculturas são feitas em aço inoxidável e o vento é o seu parceiro na concretização de sua arte. Elas demandam um trabalho de experimentação para saber como irão se comportar com o tempo, se resistirão aos 

Uma arte viva que interage com a natureza e seus ciclos. A natureza não é estática. A vida não é estática. O fogo que nos anima é vivo. Puro simbolismo em um país que prima pelo movimento e pela simpatia de seu povo, que "canta e é feliz...."
Isto Aqui o Que É - Ary Barroso (1942)

Isto aqui, ô, ô

É um pouquinho de Brasil, Iaiá

Desse Brasil que canta e é feliz,
Feliz, feliz
É, também, um pouco de uma raça
Que não tem medo de fumaça, ai, ai
E não se entrega, não
Nada melhor do que ouvir o artista falando sobre suas obras. No vídeo abaixo Anthony Howe nos diz como cria e porque cria. Viajem com ele e veja porque "o importante é colocar sentimentos humanos em seu design".



Podem ver mais de suas obras em seu canal no you tube

E para recordar a Pira Olímpica Rio 2016. Uma imagem que ficará na memória afetiva das Olimpíadas (como o choro do ursinho Mischa em 1980 em Moscou). Uma das lições desses momentos olímpicos de emoção é que o que fica não é a tecnologia, mas a alma. A primeira é uma ferramenta, uma maneira de expressar sentimentos.   



E sobre a abertura, o que mais gostei, e foi difícil pinçar algumas em uma festa que teve imagens lindas com efeitos elegantes, mas vamos lá:

  • Delicadas inspirações nas curvas de Niemeyer quando a Diva Gisele desfilava ao som de Garota de Ipanema
  • Simpáticas bicicletas na frente das delegações
  • Refugiados recebendo ovação- momento mais emocionante do evento. 
  • Pira olímpica acesa por quem representa o espírito olímpico. Adorei isso
  • Os aros olímpicos verdes. Emocionante
  • E a tradicional animação e simpatia do povo brasileiro que, quando aprender a ter auto estima, ninguém segura mais.
Do que não gostei:
  • Das reclamações do número de delegações. Para quem não se dá conta, as estrelas são os atletas. Sem eles não tem Olimpíada nem show
  • Da Regina Casé. Desnecessária
  • O discurso do alagamento global ficou muito didático para um show, em que pese a importância da mensagem.
E vocês? O que mais gostaram? Ou o que menos gostaram? 

Nos siga também nas redes sociais

Twitter Flipboard Facebook Instagram Pinterest 
snapchat: arqsteinleitao

Comentários

Postar um comentário

Sua opinião é super importante para nós ! Não nos responsabilizamos pelas opiniões emitidas nos comentários. Links comerciais serão automaticamente excluídos

Postagens mais visitadas deste blog

10 ideias para adiantar o Natal

Quando tinha uns dez anos (faz tempo...) fiz um trabalho escolar de arte e propaganda. Minha ideia foi um Papai Noel adiantado, que vinha pela metade do ano para aproveitar um xis produto que não lembro qual era. Meu pai, como todo pai babão, super me elogiou e nunca esqueci por isso. Nem lembro a nota que tirei na escola. Naquela época, década de 60, o Natal começava em dezembro. Meados de dezembro. Quando eu iria imaginar que estava sendo profética e que talvez, daqui uns tempos, o Natal nem passe. Emende com outras festas. Agora já convive o tal de ralouin que é em outubro.



Natal me lembra luz. Um paradoxo entre verão, calor e imagens de muita neve e comidas quentes. Me lembra canela, bolachinhas alemãs que minha mãe fazia e que eu podia cortar as massinhas e ajudar a confeitar. Árvore sendo montada e presépio

Separei dez ideias que achei bem bacanas de enfeites e árvores que podem ser montadas de forma simples e vem criativa.


1- Do blog da Renata Tomagnini achei estas charmosas dob…

Como utilizar cortinas na decoração

Hoje temos postagem de convidados. O Cesar Fernandes da Tibério Construtora
vai nos falar sobre como utilizar cortinas na decoração.


Cortinas são fundamentais para diversos ambientes do seu lar. Além de transmitir uma sensação de amplitude ajudam a controlar a entrada de luz. E ainda dão um up no visual de qualquer ambiente. A decoração com cortinas pode parecer óbvia, mas é uma das formas mais práticas de renovar um ambiente.
Tamanho Para causar uma sensação de amplitude invista nas cortinas que começam pelo menos 15 cm antes da borda da janela e vão até o chão. Na verdade o tamanho vai depender muito do ambiente. Há casos em que pode-se usar todo o vão da parede. A altura que ela fica do piso da sua casa pode ser de sua escolha mas como o objetivo é dar um ar de maior extensão para a parede, recomenda-se que fique junto ao piso. Leve em conta que há tecidos que podem encolher em lavagens. As vezes é melhor fazer um pouco maiores para que não fiquem pequenas na manutenção. 
CoresNão exis…

Gavetas e detalhes que fazem diferença na cozinha

Organizar. Sempre um desafio na hora de planejar móveis e espaços. E um dos locais onde mais precisamos de locais coringas para guardar coisas são nas nossas cozinhas. 
Haja gavetas, nichos, cantinhos que podem ser aproveitados para os mais diversos usos. Separei algumas ideias para inspiração Aproveitando rodapés: Muitos colegas tem optado por fazer os rodapés de armários de cozinha em alvenaria e revestir a frente com pedras ou cerâmicas. É uma solução pratica principalmente pela limpeza e umidade. Mas se sobrar espaço e a opção for usar rodapés, eles podem ser usados para guardar várias coisas. (Confesso que não sei se são o melhor local para guardar vinhos, mas quem sabe...)   Porta trecos e panos de prato: Eles são super práticos porque aproveitam espaços pequenos e estreitos e guardam aquelas coisas meio feias quando ficam à vista. Não recomendo guardar panos de prato úmidos. E esse porta facas abaixo, ao lado do fogão, é super prático!  
Outro exemplo de aproveitamento de canto par…

10 ideias de almofadas e afins para gateiros

Festas....fiquei aqui arquitetando postagens bem suaves e lindas para esses momentos. Hoje resolvi brindá-los com 10 adoráveis ideias para almofadas, pesos de porta, mobiles e outras utilidades para amantes de gatos.

Nós, os gateiros, somos uma população em ascensão no mundo. Esses seres peludos, cheios de personalidade e amor próprio nos arrebatam. Adoramos mimá-los. E eles adoram que a gente os mime....uma parceria perfeita

1- Petit Pois e gatos. Uma dupla perfeita. Ambos sempre elegantes e cheios de charme! 
2- Mobile. Adoro! Mesmo já crescida, acho que não precisam ser só adorno de quartos infantis (meu lado criança, fazer o que????). Esse aí de cima, por exemplo, achei um mimo. 
3- Quem não ia querer entrar nessa casa tão felinamente convidativa??? Quero um para a minha porta! 
4- Patchwork e gatos!!! Tudo a ver também. lembra borralho, fogo, casa da vó e tudo isso lembra aconchego. E nada mais aconchegante que a figura de um gato, pachorrento, deitado ao pé do fogo. (Gateiros enten…