MG08 habitação flexível

Imagem
Habitar uma casa movimenta uma série de sonhos e emoções. Possuir uma casa evoca ancestrais desejos de segurança. Mas nem sempre as necessidades permanecem as mesmas. As situações de fora e de dentro se modificam e pedem espaços que sejam flexíveis. A Maria Guerrero, também conhecida como MG08 em Madri, projetada pelo Studio Burr , foi pensada para ser uma habitação que possa ser transformada de acordo com essas novas necessidades dos moradores.   María Guerrero é uma casa que nasceu dividida em duas. Para poderem arcar com os custos de aquisição e construção, os habitantes deste empreendimento iniciam a sua vida neste espaço ocupando metade da casa e alugando a outra metade como habitação independente. Apesar da narrativa interessante, me pareceu muito com essas casas geminadas onde se coloca uma parede no meio, que pode ser removível se houver interesse em unir os espaços. Algo que já vem sendo usado e que, com um nome interessante, chama mais a atenção.  Segundo o site dos arquiteto

Reaproveitamento de prédios e materiais gera Centro infantil e familiar premiado

Mais um projeto premiado na Tasmânia. Um belo reaproveitamento de materiais e construções deu origem a um projeto de centro infantil e familiar premiado.
Esses espaços tem o apoio do governo e o seu objetivo é melhorar a aprendizagem, saúde e bem estar das crianças além de incrementar a acessibilidade dos serviços para a comunidade. 


O reaproveitamento das antigas edificações da década de 50 foi feito envolvendo um longo processo de escuta da comunidade em suas necessidades.


E mais, as decisões de projeto foram tomadas em comum acordo com eles. Por exemplo, foram respeitadas as necessidades de fluidez de espaços e ao mesmo tempo a conformação espacial proporciona privacidade e segurança, necessidades importantes ao grupo a que ela se destina. 
Os espaços claros foram usados para unificar os espaços internos e as embalagens de produtos locais (maçãs) reutilizadas foram usadas como fonte de estímulos na carpintaria, ressignificando a cultura agrícola local. Cores foram usadas elementos pontuais e marcantes do projeto.

Australian Interior Design Awards
  • Best of State Commercial Design 2014
Tasmanian Architecture Awards
  • Award for Public Architecture 2014
  • Commendation for Interior Architecture 2014


Projeto de Liminal Architecture
Fotos de Peter Whyte and Shamus Mulcahy

Outros projetos na Tasmânia Mirante GASP e Galpão industrial 


Curta no Facebook  Assine no Flipboard

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Ideias de como usar nichos para decorar seus espaços

Gavetas e detalhes que fazem diferença na cozinha

10 ideias de almofadas e afins para gateiros