Pular para o conteúdo principal

Viro carranca para defender a natureza e o Velho Chico

Arquitetando Ideias
Quando soube da campanha Eu viro carranca para defender o Velho Chico fiquei encantada. Primeira pela história que o rio São Francisco exerce sobre mim. Nunca esqueci das aulas de geografia e do velho rio da integração nacional. Um rio que passava por vários estados e unia povos e saberes. Outro motivo é pela intensa admiração que tenho pelas campanhas de mobilização das pessoas pelo patrimônio ambiental. Já falei disso aqui quando contei a história da rua mais bonita do mundo que fica em Porto Alegre e o motivo dela ter esse título: a união de seus moradores pela sua preservação.

Arquitetando Ideias
Recebi o material da campanha que conclama para que as pessoas se mobilizem para chamar a atenção sobre a necessidade de preservação e revitalização do rio.

Mobilize-se! Participe! Juntos vamos eleger o dia 3 de junho como o Dia Nacional em Defesa do rio São Francisco!

E foi quando me dei conta que sobre a minha mesa da sala repousa um livro desde muito que se chama....Rio São Francisco : o rio da unidade. Repleto de fotos que retratam a história e contam mitos, inclusive sobre a origem das famosas carrancas e que hoje são o tema da campanha que pretende chamar a atenção de todos para o Velho Chico e sua defesa. 

Arquitetando Ideias
O rio, exuberante na sua origem, vai sendo utilizado como potencial gerador de recursos hídricos e de geração de energia. Mas um rio tão importante é também alvo de muito descuido que deve ser evitado. Quatro grandes temas são alavancados para chamar a atenção: REVITALIZAÇÃO, VAZÃO ECOLÓGICA, POVOS DA BACIA E DISPONIBILIDADE HÍDRICA.
Arquitetando Ideias
E aí também me lembrei de um filme que vi faz muitos anos sobre um célebre coronel da região: Delmiro Gouveia que cria uma fábrica de linhas de algodão nas margens do Velho Chico, com boas casas para os funcionários, que foram alfabetizados e receberam condições de vida e higiene revolucionárias na época. E com isso prospera. Uma empresa internacional tenta comprar sua fábrica. Ele nega e mais tarde é morto de forma que nunca foi explicada. A tal empresa acaba comprando a sua, a desmonta e joga as peças no rio. E o seu sonho de progresso é morto com ele.

Me lembro que o filme terminava com um trabalhador dizendo que o dia que o povo trabalhador descobrisse seu valor, ninguém o segurava mais. Não se eram exatamente essas as palavras do filme, mas foi o que me ficou. E descobrir o seu valor é também saber lutar pelo que lhe importa. (veja AQUI o filme)

Autor : Elenara Leitão
Arquitetando Ideias
Então, quer ajudar a divulgar a campanha? Algumas ações podem ser feitas conforme sugestão do site
  • Divulgue o hotsite (www.virecarranca.com.br)
  • Altere sua foto nas redes sociais
  • Mude a  capa do Facebook
  • Poste fotos do Velho Chico no Twitter, Facebook, Instagram e Google+,  usando a hashtag  #virecarranca
  • Compartilhe as publicações da página da fanpage do CBHSF sobre a carranca.
  • Coloce o banner da campanha em blogs e sites.
Fotos: imagens do Livro Rio São Francisco : o rio da unidade
PS: Palavras do final do filme (para quem ficou curioso)  

"Agora, o povo daqui nunca esqueceu o Coronel. A fraqueza do Coronel é que ele era só, sozinho mesmo, e aí atiraram nele e mataram a fábrica. Tenho pra mim que ele foi como um exemplo pra nós tudo....penso também que o dia em que o povo fizer as fábrica pra ele mesmo aí num tem força no mundo qui pode quebra nem derruba, porque num tem força maior que o do povo trabalhador, que trabalha, como as máquinas, e pensa, que nem gente”

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Ideias de como usar nichos para decorar seus espaços

Aproveitando nichos para decorar sua casa ou seu escritório. 

Veja algumas ideias interessantes de como fazer desde pequenos detalhes que enfeitam até aproveitamento de vãos que guardam objetos e auxiliam na organização.

Simplicidade:A elegância mora nos detalhes e na síntese. Um rasgo bem usado, sem maiores excessos, apenas salientado pelo uso de cor e pequeno detalhe em madeira. Atentem para a iluminação nas laterais e em como o rodapé acompanha o rasgo.

Gavetas e detalhes que fazem diferença na cozinha

Organizar. Sempre um desafio na hora de planejar móveis e espaços. E um dos locais onde mais precisamos de locais coringas para guardar coisas são nas nossas cozinhas. 
Haja gavetas, nichos, cantinhos que podem ser aproveitados para os mais diversos usos. Separei algumas ideias para inspiração Aproveitando rodapés: Muitos colegas tem optado por fazer os rodapés de armários de cozinha em alvenaria e revestir a frente com pedras ou cerâmicas. É uma solução pratica principalmente pela limpeza e umidade. Mas se sobrar espaço e a opção for usar rodapés, eles podem ser usados para guardar várias coisas. (Confesso que não sei se são o melhor local para guardar vinhos, mas quem sabe...)   Porta trecos e panos de prato: Eles são super práticos porque aproveitam espaços pequenos e estreitos e guardam aquelas coisas meio feias quando ficam à vista. Não recomendo guardar panos de prato úmidos. E esse porta facas abaixo, ao lado do fogão, é super prático!  
Outro exemplo de aproveitamento de canto par…

10 ideias de almofadas e afins para gateiros

Festas....fiquei aqui arquitetando postagens bem suaves e lindas para esses momentos. Hoje resolvi brindá-los com 10 adoráveis ideias para almofadas, pesos de porta, mobiles e outras utilidades para amantes de gatos.

Nós, os gateiros, somos uma população em ascensão no mundo. Esses seres peludos, cheios de personalidade e amor próprio nos arrebatam. Adoramos mimá-los. E eles adoram que a gente os mime....uma parceria perfeita

1- Petit Pois e gatos. Uma dupla perfeita. Ambos sempre elegantes e cheios de charme! 
2- Mobile. Adoro! Mesmo já crescida, acho que não precisam ser só adorno de quartos infantis (meu lado criança, fazer o que????). Esse aí de cima, por exemplo, achei um mimo. 
3- Quem não ia querer entrar nessa casa tão felinamente convidativa??? Quero um para a minha porta! 
4- Patchwork e gatos!!! Tudo a ver também. lembra borralho, fogo, casa da vó e tudo isso lembra aconchego. E nada mais aconchegante que a figura de um gato, pachorrento, deitado ao pé do fogo. (Gateiros enten…

Interno I - escada como elemento formal destacado

A escada como elemento formal de ligação entre os dois andares desta reforma que o escritório do arquiteto italiano Alfredo Vanotti executou chama a atenção pela beleza e fluidez.Feita em ferro e pintada em branco ela não apenas é ponto focal, como serve de divisória para os espaços de estar e cozinha.
O espaço amplo servia de escritório e agora abriga área social no térreo e dormitório com banheiro no piso superior. Tudo isso em um estilo enxuto e ao mesmo tempo aconchegante.Coerente com a proposta do arquiteto de que a sua arquitetura deve falar por si mesma.
Nos siga também nas redes sociais
TwitterFlipboardFacebookInstagramPinterest