Pular para o conteúdo principal

10 tendências da arquitetura e interiores em 2014

A Arquitetura é uma profissão que remonta aos primórdios da civilização humana. A necessidade de abrigo (e beleza) fizeram com que os homens e mulheres se empenhassem em projetar e construir prédios, cidades, monumentos. E se formos pensar nos dias de hoje, quais seriam as tendências em alta para a Arquitetura. Achei um artigo bem interessante que aborda este tema e vou adaptar aqui o seu conteúdo


1 . Residências passivas

Mais do que nunca a necessidade de se projetar visando os princípios da sustentabilidade e principalmente da redução no consumo de energia é uma das necessidades de nossa moderna construção. Apesar do texto citar esta tendência chamando-a de nova, eu creio que é uma velha e boa volta aos princípios da Arquitetura que andavam adormecidos na onda da refrigeração e aquecimento mecânicos que resolviam os problemas de controles ambientais que não eram resolvidos nos projetos. Passada a farra do desperdício e uso sem controles dos meios energéticos que dispúnhamos em abundância barata, voltamos nossos esforços para construções que não apenas não desperdicem economia, mas que gerem mais do que consomem. Uma das tendências apontadas é que os governos comecem a subsidiar cada vez mais este tipo de construção e solução. Se isso realmente se tornar realidade, teremos talvez uma mudança significativa em um futuro próximo. 



Bairro auto sustentável na Alemanha

2. Projetando para Relaxamento

O resultado de uma vida cada dia mais conectada às redes de informações e a saturação da capacidade de absorve-las em sua totalidade faz com que haja uma sobrecarga que afeta muitas vezes a capacidade de raciocínio. Isso faz com que as pessoas sintam necessidade de escapar vez por outra para "recarregar as baterias". E ter um spa ou um lugar para meditar ou apenas relaxar é uma das tendências marcantes de 2014, tanto que os negócios envolvendo esta oferta tem aumentado.  


3 . Quartos multi uso - (Flex)

A versatilidade de usos também é uma tendência que continua em alta. Locais da casa que são usados para mais de um objetivo. E segundo o texto, são três os motivos desta multiplicidade de usos continuar em evidencia;  baby boomers, a renda e a versatilidade.

  • A receita: Nos EUA as pensões vem perdendo seu poder financeiro e muitas famílias tem que optar em viver juntas, inclusive depois da aposentadoria.
  • A versatilidade: Maior poder de escolher os usos e maximização da utilização dos espaços por metro quadrado útil.
 
4 . Edifícios pré-fabricados

A pré fabricação é uma tendência em alta justamente pela economia que o processo significa na indústria da construção civil, em abastecimento de materiais e economia de mão de obra. O tempo é reduzido, o gerenciamento é mais fácil e as soluções de projeto podem ser mais exploradas com potencial ganho de uso

 


5 . Design orientado e consciente da questão da saúde

O cuidado com materiais utilizados que possam causar problemas para a saúde, assim como decisões de projeto que sejam potencialmente orientadas para o bem estar e a promoção da saúde estão cada vez mais em alta. Veja aqui como a Arquitetura pode salvar vidas e Como o Design pode ajudar a combater a pobreza

"Como arquiteto, suas decisões podem afetar a saúde física e mental de todos que entra em contato com o seu trabalho" (AIA).
 
6 Cozinhas: Hub da Casa


Não é de hoje que as cozinhas tem se tornado o ponto focal da casa. Talvez elas estejam resgatando seu papel de agregadoras sociais que exerciam nas casas de antigamente e ainda hoje em muitas casas do interior. Além das funções de cozinhar, ela agrega funções de estudo, trabalho e ponto de encontro.  

7. Capacidade criativa de armazenamento

Tenho notado que as postagens que falam de organização de espaços e de como guardar coisas de maneira criativa são das mais acessadas no blog. E como não somos exatamente uma sociedade que aprendeu a não acumular coisas, guarda-las em espaços cada dia menores se torna um desafio a ser vencido em nossas casas e escritórios.  

 

8 Reutilizar Edifícios Existentes

Esta é uma tendência bem interessante. Mais que novas construções, o hit está em aproveitar edifícios existentes como igrejas, fábricas, garagens e antigas caixas d'água, por exemplo, com projetos que os revitalizem em usos e tecnologia contemporâneas

 
Torre nazista vira casa de luxo

9. Utilizando o Ar Livre

Aproveitar cada vez mais os espaços abertos para criar espaços de convivência. Estar mais perto do verde seja para contemplação, seja para pequenas hortas faz com que nos aproximemos da natureza.



10 . Design para desastres e refugiados

Os cataclismos naturais parecem nos acompanhar: inundações, terremotos, tsunamis são cada vez mais presentes nos noticiários. Sem contar que as zonas conflagradas também são locais de muitos refugiados que perdem suas casas e necessitam de abrigo, mesmo que seja de forma temporária. Os arquitetos são chamamos a responder aos desafios que essas situações exigem. Vários exemplos já foram mostrados aqui no blog de soluções que atendem populações carentes: Habitação temporária com painel solar , Abrigos para refugiados, solução autossustentável para zonas carentes

Architetcture for Humanity - Escola no Haiti



Adaptado de http://www.decoradvisor.net

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Casa Kiah, um santuário sustentável forte e positivo com home office

Uma herança que a pandemia de 2020 nos lega é uma maior consciência com os nossos espaços residenciais. Fomos obrigados a conviver full time em nossas casas, as usando como local de trabalho e não apenas como dormitórios. Isso fez com que o olhar se tornasse muito agudo para as necessidades e as deficiências a corrigir. Não a toa o boom de reformas e mudanças daqueles que podem se dar a este luxo no período após muitos meses isolados. Eu mesma tenho escrito menos no blog e isso é consequência direta de toda a gama de emoções que afloraram neste período onde portas se fecham e janelas se abrem .  Por isso achei interessante como assunto de volta, trazer esta casa australiana que contempla exatamente essa necessidade de focar em espaços de qualidade em uma casa de campo. Um casal, seus três gatos e a vontade de um "santuário forte e positivo" que incluiu, na reforma da residência, um dormitório que fosse mais que um local de dormir e um espaço para trabalhar com conforto e aleg

Transparência e estrutura em madeira na nova loja da Apple na Tailândia

Uma grande árvore em madeira cercada por um fechamento em vidro é a aparência da maior loja da Apple na Tailândia. Projetada pelo renomado estúdio de  Foster + Partners  foi inaugurada em julho de 2020, em plena pandemia. Batizada de Apple Central World, a loja tem um diâmetro de 25 metros e sua forma foi gerada por uma curva de Bezier 360 °, uma curva paramétrica usada em computação gráfica. Veja AQUI mais detalhes de como foi feito. Todos sabemos que a Apple segue o conceito de se diferenciar em inovação e as suas lojas representam esse modo de se posicionar no mercado. Na nova loja asiática são usados 1461 perfis de carvalho branco europeu no revestimento da coluna de suporte do telhado.  A aparência interna é de um grande tronco que sustenta a copa de madeira em balaço. Uma escada de aço inoxidável serve de conexão para os andares. O prédio tem um fechamento totalmente envidraçado o que permite a visão da cidade e a transparência externa para quem vê o prédio que se mostra e convi

Calungas, a representação da escala nos desenhos

Fonte Embora as fotografias de Arquitetura raramente tenham seres humanos, as representações gráficas dos projetos as tem. As calungas. Este nome esquisito foi o que aprendi a nominar a representação humana nos desenhos, a tal da escala humana, que mostra de maneira mais clara como os espaços se conformam em proporção aos nossos corpos.  Fonte Hoje é muito comum que tenhamos blocos de seres humanos, animais e plantas em todos os programas gráficos. E há sites onde podemos buscar figuras das mais diversas etnias e movimentos para humanizar nossas plantas e perspectivas. Me lembrei das calungas ao falar com um colega arquiteto, bem mais jovem que eu, que me mostrou fotos de projetos da década de 80, com simpáticas figuras, simulando movimentos. E, para minha surpresa, ele nunca tinha ouvido falar do termo calunga. Como eu nunca tinha parado para pensar sobre isso, fui dar uma rápida pesquisada e achei que o termo tem origem africana  e talvez tenha vindo em função das b

Apartamento pequeno para jovem casal

Mescla de materiais e cores claras fazem deste pequeno apartamento, um ambiente muito agradável para um jovem casal. Projeto do estúdio  Art Ugol . Mesmo sendo um imóvel pequeno, o projeto consegue manter a privacidade com áreas de cozinha e estar bem resolvidas e que parecem amplas. A planta baixa nos mostra que existe uma pequena entrada com o banheiro e área de cozinha localizados a esquerda, onde se pode ver as áreas de colunas hidráulicas. Os arquitetos localizaram grandes armários na entrada, um deles servindo de divisória para um nicho onde, sobre um estrado com gavetões, colocaram o quarto. Na verdade a cama, que é escondida com uma grande cortina que confere privacidade ao ambiente. Para harmonizar com a área de estar, criaram um painel em madeira que serve como um grande rodapé divisor da parede, gerando dinamismo e ao mesmo tempo aconchego e iluminação. A cozinha é ampla com o uso de madeira e branco que são usados em todo o apartamento. Estes materiais são que