Ideias para tornar a casa mais aconchegante no inverno

Imagem
O frio chega na região sul com a força do inverno. Os dias se tornam mais cinzas, a cerração cobre as manhãs, os gramados se cobrem de geadas. O coração se aperta pelos que nada tem. O inverno é um estágio da natureza, um resguardo para uma nova primavera, nos ciclos que marcam o mundo e as nossas vidas. O mundo se contrai e se expande. E nós com ele. Aos que tem a benção de ter uma casa, coloco abaixo algumas inspirações de como trazer mais aconchego aos lares.   Inverno É tudo o que sinto Viver É sucinto Paulo Leminski Cores e animais trazem sempre um clima de calor aos lares. Hora de colocar mantas , almofadas coloridas, materiais felpudos e muitos locais onde se deixar ficar para curtir uma série, uma música, uma sopa.     Quem vive em regiões mais frias sabe como é difícil acordar e sair debaixo das cobertas. Especialmente quando usamos edredons de penas, muitos travesseiros e deixamos nossos quartos com a cara do aconchego .   Redes no inverno? Sim e com certeza! Um canto especi

Projetos para 2014 - desapego

Não, esta não é uma postagem sobre resoluções para o novo ano e nem sobre meus planos profissionais para 2014. Na verdade não fiz nem um nem outro.

A única coisa que me parece clara é a minha palavra de 2014: Desapego. E não pensem que seja uma coisa fácil. Sou uma acumuladora em potencial, então o desafio que me proponho não é pequeno. Espero estar à altura dele.

Não, isso não significa que vou virar uma minimalista. Isso seria um exagero semântico e não sou definitivamente uma pessoa extremada. Espero apenas focar cada dia mais no essencial, no que importa e deixar as firulas de lado. Mas especialmente espero aprender a abrir mão. Deixar que as coisas e pessoas sigam seus rumos. Aprender quando, como e por que também é uma sabedoria da vida.

Dos espaços que a mim couber trabalhar, espero traçar vida e função, fazer desabrochar harmonia e personalidade. Descobrir novos materiais, novos usos, reciclar intenções e metas. Reusar. Doar. E recusar o que não seja para mim e possa servir a mais alguém.
Espero resgatar um lado poético que em mim vive e anda adormecido. Espero redescobrir prazeres que estão hibernando. Espero recuperar forças e energias que navegam no meu mar de ideias e atos.
Para 2014 espero um ano par. Par de trocas, par de amores, par de realizações. Par de busca. Um ano em que a vida se faça de forma simples, sem grandes fogos que já disse que não sou espetaculosa, mas com muita luz.

Para realizar esses projetos e fazer de um novo ano um novo começo, espero estar comigo. Cada dia mais. Me abastecer de leituras boas, de bons amigos, de boas práticas de vida. Espero desapegar de velhas ideias, desapegar de medos que me tolhem, desapegar de energia estrangulada de objetos que devem seguir seu rumo. Espero chegar ao final do ano com um sorriso maroto nos lábios e uma sensação de vida correndo nas veias. 
Fotos: Pinterest

Comentários

  1. Belíssimo post Elenara. Se é, pelo menos, uma "carta de intenções", está pra lá de boa! Boa sorte, que tudo se realize! ;-)

    ResponderExcluir
  2. Obrigada! Não vai ser fácil, mas já está na hora! Beijos Maria Alice!

    ResponderExcluir
  3. Compreendo.É necessário,mesmo.

    Beijinhos

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Sua opinião é super importante para nós ! Não nos responsabilizamos pelas opiniões emitidas nos comentários. Links comerciais serão automaticamente excluídos

Postagens mais visitadas deste blog

Ideias de como usar nichos para decorar seus espaços

Gavetas e detalhes que fazem diferença na cozinha

10 ideias de almofadas e afins para gateiros