MG08 habitação flexível

Imagem
Habitar uma casa movimenta uma série de sonhos e emoções. Possuir uma casa evoca ancestrais desejos de segurança. Mas nem sempre as necessidades permanecem as mesmas. As situações de fora e de dentro se modificam e pedem espaços que sejam flexíveis. A Maria Guerrero, também conhecida como MG08 em Madri, projetada pelo Studio Burr , foi pensada para ser uma habitação que possa ser transformada de acordo com essas novas necessidades dos moradores.   María Guerrero é uma casa que nasceu dividida em duas. Para poderem arcar com os custos de aquisição e construção, os habitantes deste empreendimento iniciam a sua vida neste espaço ocupando metade da casa e alugando a outra metade como habitação independente. Apesar da narrativa interessante, me pareceu muito com essas casas geminadas onde se coloca uma parede no meio, que pode ser removível se houver interesse em unir os espaços. Algo que já vem sendo usado e que, com um nome interessante, chama mais a atenção.  Segundo o site dos arquiteto

Como vivem pessoas criativas

Descobri esse site meio que por acaso. 

Coffeeklatch mostra uma série de entrevistas que Magali Elali e Kiggen Bart fizeram com diversas pessoas prá lá de criativas em suas casas ou locais de trabalho. 

E é bacana ver como essas pessoas fazem de seus espaços locais MUITO ricos em lembranças, em personalidade. 

Cada um deles fala por si. 

Conta histórias. 

São lugares de gente, não parecem vitrines de lojas.


 Os livros se amontam em prateleiras e tem cara e jeito de que foram lidos. As portas se abrem, convidativas, como que chamando para entrar.

 As lembranças se arranjam nos cantos, nas vistas da gente, lembrando fatos, lembrando porque lembrar é uma maneira de viver de novo. 
 O muito é feito de harmonia e criatividade e nem sempre de muito mobiliário. 

 O novo e o velho (ou seria antigo?) convivem, se mesclam, fazem parte de um mesmo corpo que conta uma história que por vezes é adivinhada, por outra é ouvida com o espanto das novidades.
 As cores, as peças de design, parecem ali tão naturais como se fossem uma pele. Não se tornam um marco por si sós, apenas estão ali e fazem sua função. E adquirem então toda a sua beleza.  



Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Ideias de como usar nichos para decorar seus espaços

Gavetas e detalhes que fazem diferença na cozinha

10 ideias de almofadas e afins para gateiros