MG08 habitação flexível

Imagem
Habitar uma casa movimenta uma série de sonhos e emoções. Possuir uma casa evoca ancestrais desejos de segurança. Mas nem sempre as necessidades permanecem as mesmas. As situações de fora e de dentro se modificam e pedem espaços que sejam flexíveis. A Maria Guerrero, também conhecida como MG08 em Madri, projetada pelo Studio Burr , foi pensada para ser uma habitação que possa ser transformada de acordo com essas novas necessidades dos moradores.   María Guerrero é uma casa que nasceu dividida em duas. Para poderem arcar com os custos de aquisição e construção, os habitantes deste empreendimento iniciam a sua vida neste espaço ocupando metade da casa e alugando a outra metade como habitação independente. Apesar da narrativa interessante, me pareceu muito com essas casas geminadas onde se coloca uma parede no meio, que pode ser removível se houver interesse em unir os espaços. Algo que já vem sendo usado e que, com um nome interessante, chama mais a atenção.  Segundo o site dos arquiteto

PRIORIDADES PARA CONSTRUÇÃO VERDE OU SUSTENTÁVEL

  • Poupe energia por meio de isolamento térmico, janelas de alto desempenho, iluminação natural, recursos renováveis de geração de energia e equipamentos de baixo consumo.
  • Recicle construções já existentes aproveitando a sua infra-estrutura, em vez de ocupar novos espaços.
  • Pense em termos de comunidade. Considere o transporte publico, facilite o trânsito de pedestres e de bicicletas.
  • Diminua o consumo de material. Otimize o projeto para aproveitar espaços reduzidos e utilizar materiais com mais eficiência. Diminuir o desperdício também reduz o custo.
  • Preserve ou restaure o ecossistema e a biodiversidade. Nas áreas ecologicamente danificadas, procure reintroduzir as espécies nativas. Proteja as árvores e a camada superior do solo durante a obra.
  • Escolha materiais de baixo impacto, alguns materiais, como os que destroem a camada de Ozônio, continuam poluindo durante o seu uso, enquanto outros tem um forte impacto ambiental na hora do descarte.
  • Projete com durabilidade e adaptabilidade. Quanto mais tempo uma construção dura, maior o período durante o qual seu impacto ambiental pode amortizado. Projete uma edificação adaptável, principalmente: se ela tiver propósitos comerciais.
  • Poupe água. Instale tubulações e equipamentos de baixo consumo. Colete e utilize a água da chuva. Separe a água de pias e chuveiros e reutilize na irrigação de jardins.
  • Crie um ambiente interno seguro e confortável, garantindo a saúde de seus ocupantes. Permita que a luz do dia penetre no maior número possível de ambientes, providencie ventilação contínua.
  • Minimize o desperdício de construção e demolição. A separação e a reciclagem compensam economicamente.
  • Minimize o impacto ambiental do seu negócio. Use papel reciclável, use o projeto para educar clientes, colegas, prestadores de serviço e o público em geral sobre o impacto ambiental das edificações e como diminui-lo.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Ideias de como usar nichos para decorar seus espaços

Gavetas e detalhes que fazem diferença na cozinha

10 ideias de almofadas e afins para gateiros