Publicidade

Postagem em destaque

10 Lições que aprendi na faculdade de Arquitetura

Recebo algumas correspondências falando de como os leitores gostaram dessa ou de outra postagem aqui do blog. E sempre fico super feliz! É ...

2015/07/17

Coifa, exaustor ou depurador? Saiba qual é a melhor opção para a sua cozinha.

Quem já não passou por isso: Você está cozinhando e quando nota tem fumaça por todo lado, muito calor, além do cheiro da comida se espalhando por outros cômodos da casa. Isso acontece principalmente quando fritamos algum alimento. Para evitar situações como essa, existem depuradores, exaustores e coifas. Mas você sabe o que cada um faz e qual o melhor para o seu tipo de cozinha?

Confira a diferença entre eles e veja o que melhor se adéqua a sua necessidade:


Coifa

A coifa tem como função sugar o ar, filtrá-lo e expeli-lo para fora da cozinha por meio de tubos de saída que podem ser instalados no teto, em paredes ou em forros. Ela elimina não somente a gordura e outros odores do ambiente, mas também “renova o ar” da sua cozinha.
Fonte
Dependendo de onde está localizado o fogão, você pode optar por coifas de parede ou em formato de ilha, que ficam no centro da cozinha. Atualmente, existem coifas para todos os gostos e com designs bem modernos que se adaptam a qualquer tipo de decoração.

Recomenda-se que estes aparelhos sejam instalados, geralmente, a 70 centímetros do fogão para ter um bom desempenho. Cuidado no momento da compra, algumas pessoas confundem a coifa e o depurador. Tanto um quanto o outro “renovam o ar”. A diferença entre eles está no destino que esse ar recebe depois que entra no aparelho.

Na coifa, como já foi dito, o ar é sugado, filtrado e mandado para fora. Já no depurador o ar é filtrado e jogado mais uma vez para o ambiente. Isso é o que faz toda a diferença na eliminação do calor, gordura e cheiros vindos da preparação dos alimento
s. 

Depurador

Esse tipo de equipamento, pelo fato de ser compacto, normalmente, é mais indicado para apartamentos e casas com cozinhas menores ou onde não haja espaço para instalação de tubos de saída de ar ou chaminés. Ele é responsável por “reciclar o ar” e devolvê-lo mais limpo ao ambiente. Sua potência é menor, quando comparada a coifas e exaustores.
No depurador a gordura é retirada do ar e fica presa em um filtro junto a uma grade de inox. Por isso, é importante fazer a limpeza para que sua potência não diminua com o passar do tempo e deixe a cozinha com mau cheiro. O ponto negativo dos depuradores é que eles filtram o ar retirando somente a gordura.
Fonte

Exaustor

Já o exaustor faz apenas a troca do ar quente do ambiente, por outro mais frio. Basicamente, ele funciona com um motor que possui hélices mandando o ar quente concentrado no alto para fora. Portanto, ele não faz nenhum tipo de filtragem ou purificação de ar como os outros aparelhos.
Geralmente, recomenda-se que o exaustor seja instalado a 2,5 metros do chão e em paredes que possibilitem que seus tubos fiquem voltados para áreas externas, assim as correntes de ar quente são retiradas com mais eficiência. Até por isso, os modelos mais comuns de exaustor em casas são os de parede.

Entre os pontos negativos do exaustor, além de serem barulhentos quando estão funcionando, requerem mão de obra especializada devido à quebra de paredes para sua instalação. Por todos esses motivos ele é recomendado para cozinhas grandes ou com muita carga de calor e fumaça, como cozinhas industriais.

Seja qual for a sua escolha, fatores como espaço, disponibilidade para instalação de chaminé e preço devem sempre ser levados em conta para que você tenha em casa a melhor opção de acordo com a sua necessidade.

Fonte

Esse post foi uma colaboração do Rogério Fonseca da Tibério Construtoras

Comentários
0 Comentários

Publicidade

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More