Publicidade

Postagem em destaque

10 Lições que aprendi na faculdade de Arquitetura

Recebo algumas correspondências falando de como os leitores gostaram dessa ou de outra postagem aqui do blog. E sempre fico super feliz! É ...

2015/04/08

Portas Coloridas

Quem disse que as portas devem ser normais? Portas que abrem passagens, portas que são elementos mágicos e abrem portais para o passado, definitivamente as portas me inspiram. Sempre estão ligadas à poesia de ser e sentir. Por isso mesmo me pego pensando que as portas de nossas casas não devem ser sisudas se não o somos. Podem ser lúdicas se mantemos o espírito de criança dentro de nós. Podem ser uma explosão de cores que revele que ali mora um mundo rico de experiências. 
 
Há muitos anos atrás, quando eu era pouco mais que uma jovem que descobria a vida e o amor, recebi de um antigo pretendente a seguinte exclamação: mas logo a tua porta tinha que ser diferente no teu andar! Não era um elogio. Muito pelo contrário, ele me julgava vindo de uma família esnobe e que mostrava um pretenso poder econômico através da diferenciação. Precisei algum tempo de experiência e terapia para entender que aquilo era muito mais um problema interno dele que um meu. O que mostramos para fora, sejam em portas diferentes, cabelos coloridos ou arrumados (ou desarrumados) não nos rotula como sendo isso ou aquilo. 
 
Somos muito mais que seres que se alinham em uma igualdade vinda de fora. Não precisamos entrar ou pertencer à tribos para ter identidades. Somos o que somos. Na hora que quisermos ser. Até para pintar com as cores do arco iris nossas portas, janelas, cabelos, vidas.....  
 
 A porta ( Vinicius de Moraes)

Eu sou feita de madeira
Madeira, matéria morta
Mas não há coisa no mundo
Mais viva do que uma porta.
 Eu abro devagarinho
Pra passar o menininho
Eu abro bem com cuidado
Pra passar o namorado
Eu abro bem prazenteira
Pra passar a cozinheira
Eu abro de supetão
Pra passar o capitão.
 Só não abro pra essa gente
Que diz (a mim bem me importa...)
Que se uma pessoa é burra
É burra como uma porta.
 Eu sou muito inteligente!
 Eu fecho a frente da casa
Fecho a frente do quartel
Fecho tudo nesse mundo
Só vivo aberta no céu!

É preciso abrir todas as portas que fecham o coração.
Quebrar barreiras construídas ao longo do tempo (Carlos Drummond de Andrade)

"Fecharam-me todas as portas abstratas e necessárias.
Correram cortinas de todas as hipóteses que eu poderia ver da rua.
Não há na travessa achada o número da porta que me deram. " 
 (Álvaro de Campos)



Essas e outras ideias de portas coloridas podem ser vistas AQUI

Curta no Facebook  Assine no Flipboard

Comentários
0 Comentários

0 Opiniões:

Publicidade

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More