Publicidade

Postagem em destaque

10 Lições que aprendi na faculdade de Arquitetura

Recebo algumas correspondências falando de como os leitores gostaram dessa ou de outra postagem aqui do blog. E sempre fico super feliz! É ...

2014/04/02

Casinhas - para brincar, sonhar e criar

Era uma casa muito engraçada....quem nunca desenhou uma quando pequeno? Das mais variadas formas. Opa! Nem tanto. Nossas casas de criança são um triângulo e um retângulo em sua maioria. Uma porta, uma chaminé...os mais estilosos já fazem uma casa com mais complementos. Há os que desenhem edifícios! Mas em geral nossas primeiras casinhas são bem parecidas com as debaixo.    
"Era uma casa
Muito engraçada
Não tinha teto
Não tinha nada
Ninguém podia
Entrar nela, não
Porque na casa
Não tinha chão"
Vinicius de Moraes
Talvez essa imagem da infância explique o fascínio pela figura da casa, representativa do que chamamos lar. Reuni ao acaso uma série de representações do tema, mostrando o quanto ela está presente em nosso imaginário de adultos também. Mesmo os não arquitetos, ou pelo menos os não ligados tão estreitamente ao tema, devem sentir um misto de ternura e aconchego com as representações de casinhas tão ternas e simples, aquelas que a gente guarda no coração de criança.
Desde a forma de botões em cartas já tão antigas às casinhas de bonecas, em uma forma tão mais contemporânea, imitando uma cidade em caixas de papelão, mas mantendo a mesma ideia da casinha de sempre.
Não é necessário sair de casa.
Permaneça em sua mesa e ouça.
Não apenas ouça, mas espere.
Não apenas espere, mas fique sozinho em silêncio.
Então o mundo se apresentará desmascarado.
Em êxtase, se dobrará sobre os seus pés.
As casinhas não servem apenas de brincadeira, mas como fonte de inspiração para criação de artesanato e objetos de enfeite das casas de verdade,
As possibilidades são inúmeras e os exemplos mais ainda. É deixar a imaginação fluir e resgatar as referências da infância.
Quem disse que eu me mudei?
Não importa que a tenham demolido:
A gente continua morando na velha casa em que nasceu.

Uma ocasião,
meu pai pintou a casa toda
de alaranjado brilhante.
Por muito tempo moramos numa casa,
como ele mesmo dizia,
constantemente amanhecendo.
E muito de nossos sonhos e concepções de casa acabam por povoar e prevalecer em nossas escolhas futuras. Não pensem que isso não faz parte de estudos de construtoras e incorporadoras porque faz sim. E são responsáveis por muitas das nossas escolhas de compras. 

Lar. Aconchego. Casa. Todas moram dentro de nós. Cabe a cada um faze-las belas. 

Fotos : Pinterest e Google

Comentários
0 Comentários

0 Opiniões:

Publicidade

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More