Publicidade

Postagem em destaque

10 Lições que aprendi na faculdade de Arquitetura

Recebo algumas correspondências falando de como os leitores gostaram dessa ou de outra postagem aqui do blog. E sempre fico super feliz! É ...

2014/01/16

Casa terapêutica - um livro que ajuda seu lar


Foi em uma Feira do Livro de alguns anos que comprei esse livro: A Casa Terapêutica - Como replanejar a casa pode mudar sua vida. 
 
Ele é um livro bem interessante, é uma espécie de auto ajuda para organizar dentro de cada um o que precisa ser mudado nos ambientes de suas casas. Começa por reunir dados pessoais, é como se a pessoa fizesse um check list pessoal colocando seus rótulos, seus anseios e os linkando com cada peça de sua casa. O mote do livro é que quanto mais alinhada com as emoções das pessoas que habitam nela, mais terapêutica será.  Ou seja, um lar se faz com alma e verdade.

"A Casa Terapêutica tem uma cozinha que faz pensar em comidas reconfortantes e instiga o experimento culinário; um quarto de casal que desperta a intimidade e exala segurança para a vulnerabilidade do sono; um banheiro cuja limpeza está à altura dos atos sagrados de rejuvenescimento e renovação; uma sala de visitas que estimula a convivência, etc. Na verdade, uma casa só é realmente um lar quando reflete seus ocupantes e lhes serve de apoio, da porta de entrada ao sótão. "

E é pelo equilíbrio de nosso ser que podemos replanejar e mudar nossas vidas. Meus rótulos pessoais incluem algumas palavras chaves que me definem (filha, irmã, cuidadora, arquiteta, blogueira), que revelam minha personalidade (delicada, sensível, forte, criativa, responsável), que descrevem minhas atividades cotidianas (organizar, administrar, sobreviver, pesquisar, escrever), que mostram minhas qualidades (generosa, inteligente, meiga, fuçadora, curiosa) e os meus (ai!) defeitos (indecisa, medrosa, carente, teimosa, adiadora). E através de uma série de perguntas vai nos tornando claras nossas prioridades e pontos de atuação.

E ainda nos aponta uma série de regras para o bem viver da casa e para muitas dessas "regras" encontrei postagens em que já falava disso aqui no blog:
  1. Viver na casa inteira - Lar
  2. Limpeza - Cuidado com a Síndrome do Edifício Doente
  3. Conforto, acima de tudo - Toda pessoa merece um abrigo para a alma
  4. O modo de vida dita o estilo de decoração - Regras para decorar seu espaço
  5. Uma casa-vitrine não é um lar - Fazer um lar
  6. Um lugar para cada coisa e cada coisa em seu lugar - Organizando seu home office
  7. Arte é fundamental - Toda arte é inútil
  8. Estabelecer limites para o uso de um cômodo - Causos de projeto
  9. Se estragou, conserte - manutenção da madeira
  10. O divino está nos detalhes - Detalhes, arquitetura e emoções
  11. Tudo branco não é bom - Pense fora da caixinha
  12. Um espaço para cada um - inclusive para os animais de estimação - Vic vê a rua - móvel para pet
Não que eu acredite em regras fixas para ambientar ou viver bem em uma casa. Mas é salutar ler um livro onde estilos e peças de design não sejam o foco principal. Não que não sejam bacanas. Valorizam e muito um espaço. Mas casa tem mais componentes. Casa é feita de gente e emoções. Casa é feita de sentimentos. Esses sentimentos geram necessidades. E é esse processo que esse livro ataca. Parte da estrutura de vida e alma de cada um para focar pontos prioritários de de ação.
 
Recomendo.  
 


http://www.ground.com.br/acasaterapeutica

Comentários
0 Comentários

0 Opiniões:

Publicidade

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More