MG08 habitação flexível

Imagem
Habitar uma casa movimenta uma série de sonhos e emoções. Possuir uma casa evoca ancestrais desejos de segurança. Mas nem sempre as necessidades permanecem as mesmas. As situações de fora e de dentro se modificam e pedem espaços que sejam flexíveis. A Maria Guerrero, também conhecida como MG08 em Madri, projetada pelo Studio Burr , foi pensada para ser uma habitação que possa ser transformada de acordo com essas novas necessidades dos moradores.   María Guerrero é uma casa que nasceu dividida em duas. Para poderem arcar com os custos de aquisição e construção, os habitantes deste empreendimento iniciam a sua vida neste espaço ocupando metade da casa e alugando a outra metade como habitação independente. Apesar da narrativa interessante, me pareceu muito com essas casas geminadas onde se coloca uma parede no meio, que pode ser removível se houver interesse em unir os espaços. Algo que já vem sendo usado e que, com um nome interessante, chama mais a atenção.  Segundo o site dos arquiteto

Futebol para a esperança

Em plena Copa do Mundo a gente se encanta com o espetáculo do futebol, seleções com jogadores que são a nata do esporte e que valem milhões em qualquer moeda forte do planeta jogando em arenas modernas e muito caras. Mas...o futebol pode significar bem mais que isso. Pode significar esperança.

É o que nos mostra esse projeto desse centro de futebol Besongabang para o Hope Centre inaugurado em março de 2014 em Camarões, com projeto de Nathan Jones 
 
Missão:
Para usar o futebol como uma ferramenta para promover a cooperação, a união, a paz, a responsabilidade e a tolerância entre os jovens.


Como? Esse Centro de acolhimento trabalha com crianças em estado de vulnerabilidade e através do futebol promove conscientização sobre doenças, oportuniza educação e formação profissional para os jovens. 

O espaço foi pensado como um forma de promover o encontro e para isso usa elementos familiares da cultura do país. É uma maneira de propiciar o pertencimento ao lugar e fazer com que as pessoas se sintam em casa nele. Em razão do clima do país, o costume é usar grandes varandas e locais onde os encontros possam ocorrer em ambientes abertos. As portas das salas abrem para o grande espaço de fórum ressaltando a transparência das relações. 
Além disso foram pensados recursos sustentáveis como uso de materiais naturais, bio-mimetismo, baixo consumo, fácil adaptação e durabilidade. Os materiais fundamentais são madeira e concreto. Painéis fotovoltaicos podem suprir a energia necessária, mas ele foi projetado para funcionar boa parte do dia sem necessidade de energia. 
Algumas limitações também nortearam o projeto: atividade sísmica do local, clima de floresta e orçamento limitado. 

Sobre a campanha Futebol para esperança 

"20 Centros para 2010" é a campanha oficial da 2010 FIFA World Cup South Africa . Seu objetivo é levantar fundos para criar vinte Centros Football for Hope para a saúde pública, educação e futebol em toda a África. Os centros vão enfrentar desafios sociais locais em zonas desfavorecidas e melhorar os serviços de educação e saúde para os jovens.


Pelo visto um legado da Copa de 2010 que ainda rende frutos. 
Veja outro projeto de Architecture for humanityFonte

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Ideias de como usar nichos para decorar seus espaços

Gavetas e detalhes que fazem diferença na cozinha

10 ideias de almofadas e afins para gateiros