MG08 habitação flexível

Imagem
Habitar uma casa movimenta uma série de sonhos e emoções. Possuir uma casa evoca ancestrais desejos de segurança. Mas nem sempre as necessidades permanecem as mesmas. As situações de fora e de dentro se modificam e pedem espaços que sejam flexíveis. A Maria Guerrero, também conhecida como MG08 em Madri, projetada pelo Studio Burr , foi pensada para ser uma habitação que possa ser transformada de acordo com essas novas necessidades dos moradores.   María Guerrero é uma casa que nasceu dividida em duas. Para poderem arcar com os custos de aquisição e construção, os habitantes deste empreendimento iniciam a sua vida neste espaço ocupando metade da casa e alugando a outra metade como habitação independente. Apesar da narrativa interessante, me pareceu muito com essas casas geminadas onde se coloca uma parede no meio, que pode ser removível se houver interesse em unir os espaços. Algo que já vem sendo usado e que, com um nome interessante, chama mais a atenção.  Segundo o site dos arquiteto

Tetos coloridos - dá para ousar sim


Colocar cor nos tetos. Fugir das mesmices dos brancos. Esta é uma tendência apontada para os próximos tempos. Falo isso e tenho em cima de mim um teto marrom. 

Sim, meu forro é marrom, usei essa cor uma dezena de anos atrás para amenizar o pé direito alto e aproveitar toda a sua potencialidade. Pintei, gostei e repintei. A minha sala de jantar também tem uma bossa no forro em forma de cor. Ou seja, dá para ser feliz mesmo quando aquilo que a gente acha bacana não é moda.

Ressalva feita, acho muito bacana se ousar mais nos tetos. 

Sair dos tradicionais rebaixamentos em gesso, seja em forma de sancas, seja em forma lisa. O gesso é bastante prático para que se possa ousar mais na iluminação, mas com os pés direitos baixos, eles acabam agravando isso, tornando mais baixo um ambiente. E dá para resolver a iluminação com outros macetes.    















Como estamos em plena época de verão, o uso das cores parece ainda mais natural. Misturar padronagens e abusar dos amarelos é uma opção que ilumina, alegra e renova os ambientes. Boa dica para casas e apartamentos praianos.

E lá fui eu brincar com o Homestyler e sentir como fica uma ambiente com teto colorido. O resultado está aí abaixo e apelidei do Flat do artista cosmopolita. Confesso que tenho algumas dificuldades de gerar um ambiente sem ter alguns condicionantes. Preciso saber quem vai viver, o que gosta, o que precisa. Mas, é meio feriado, dá para brincar com a ferramenta e aprender o que ela pode render.

E vocês? Já usaram tetos coloridos ou com outros revestimentos? Conta prá mim.

Postagem inspirada nas Tendência de 2014 da Maria Alice Miller recolheu opinião de várias profissionais ( entre as quais eu, que honra!). A Simples Decoração apontou os tetos coloridos como uma delas.

Fotos retiradas de pesquisas no Pinterest

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Ideias de como usar nichos para decorar seus espaços

Gavetas e detalhes que fazem diferença na cozinha

10 ideias de almofadas e afins para gateiros