Publicidade

Postagem em destaque

10 Lições que aprendi na faculdade de Arquitetura

Recebo algumas correspondências falando de como os leitores gostaram dessa ou de outra postagem aqui do blog. E sempre fico super feliz! É ...

2017/04/22

O dia a dia de uma arquiteta

No decorrer da vida profissional vamos colecionando histórias. Algumas jocosas, outra tragicômicas, outras tantas ainda beirando mesmo a tragédia. Fazem parte do folclore de todas as profissões. Imaginem uma que envolve um relacionamento muito estreito, tanto que nos faz entrar não apenas na casa dos clientes, mas em suas intimidades e sonhos. 

É essa realidade que a arquiteta Cinthia Liberatori descreve de maneira divertida e leve em uma série de crônicas de seu livro: Somos todos decoradores - o dia a dia de uma arquiteta.
Entre histórias divertidas ou coloquiais, sempre seguidas de tópicos explicativos sobre o assunto, ela nos revela sua prática e nos dá algumas dicas de como procedeu na sua vida profissional.

E se tem algo que gosto de ler e conhecer é sobre como o profissional age na prática e o que ele aprendeu com ela. Não apenas a técnica profissional, mas aqueles toques de como enfrentar situações e resolver pendências.

Nem sempre agiria como ela, cada profissional tem a sua visão e o seu modo de encarar a profissão, mas adorei alguns de seus toques e concordei profundamente com outros.

Exemplos:

  • O primeiro deles, uma frase de um arquiteto que resume muito do que penso sobre a profissão e sua prática: "Se fosse fácil não teria graça"
  • Um conselho de uma cliente: "A vida é dura com os moles". Aliás aprender com os clientes é uma das delícias da profissão. Lembro sempre de uma frase de uma minha que era: "Não me traga um problema, me traga a solução".   
  • Dizer não quando a intuição aponta que não vai dar certo: serve para clientes, mão de obra e fornecedores. Uma experiência complicada mas necessária.
  • E uma que adorei porque nunca tinha me dado conta: escolher alguém para assistente que não domine a área para evitar interferência no resultado do projeto. Lembrei de várias situações onde as pessoas davam palpites sobre meu projeto PARA OS CLIENTES! 

  • Em resumo, é uma leitura rápida, divertida e de quebra faz a gente repensar algumas práticas.

    Sinopse: Com seu jeito expansivo, apaixonada pelo o que faz e sempre a mil por hora, Cinthia foi relatando suas experiências na profissão e com elas montando o fascinante mosaico que compõe o dia a dia de todos que se dedicam ao ofício de materializar o sonho mais acalentado por todos nós: a casa da gente. Com humor, sinceridade e perspicácia Cinthia abre o jogo desse lado pouco conhecido e dificilmente divulgado da profissão. Em suas crônicas ela conta situações muito comuns na rotina de quem está na área. As rusgas com o engenheiro, os melindres entre os fornecedores e o cliente, as saias-justas que certos pedidos causam são alguns dos temas abordados. SOMOS TODOS DECORADORES é uma obra que lança um novo olhar para tão fascinante profissão. Quem já contratou alguém para construir, reformar ou decorar também vai rir, talvez até de si mesmo, por se ver retratado em algumas das peripécias da Cinthia. Maria Helena Pugliesi - Jornalista/editora na Editora Abril e Jornal Estado de São Paulo.



    Somos Todos Decoradores - o dia a a dia de uma arquiteta de Cinthia Liberatori

    PS: Ganhei o livro para leitura

    Gostou? Compartilhe e nos siga também nas redes sociais

    Twitter Flipboard Facebook Instagram Pinterest
    snapchat: arqsteinleitao
     

Comentários
0 Comentários

0 Opiniões:

Publicidade

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More