Publicidade

Postagem em destaque

10 Lições que aprendi na faculdade de Arquitetura

Recebo algumas correspondências falando de como os leitores gostaram dessa ou de outra postagem aqui do blog. E sempre fico super feliz! É ...

2016/11/02

7 Capelas para encontrar o divino em nós - seja na morte, seja na vida

Vida, que nos seja bela, sendo breve.

E embora saibamos (racionalmente) de sua finitude, esquecemos disso para nossa completa sanidade. Mas algo em alguns de nós clama por uma chama divina que nos aproxime de um objetivo maior.

Maior como? Cada um tem a sua resposta. Para uns um Deus, seja lá que nome tenha. Para outros, uma filosofia de ser e estar no mundo. Para outros, uma ideia que as vezes se aproxima das seitas em sua insana ideia fixa.

Não importa. 

A verdade é que finitos somos. E como gostaríamos de não o ser, erigimos locais onde podemos acreditar em uma força que nos chame de volta e nos acolha em uma sabedoria que seja ancestral e perene.

Desses espaços tantos de contemplação e culto, onde a fé não costuma "faiá, me agradam as capelas, no seu papel de espaço do sagrado.    

1- Capela espiral para casamentos :  A NAP Architects projetou essa capela visando os casamentos e o seu conceito se baseia na ideia de duas escadas que se entrelaçam e se fortalecem, assim descrito pelos arquitetos: "Assim como duas vidas passam por voltas e mais voltas antes de unirem-se em uma só, as duas espirais se conectam perfeitamente no topo a 15.4m, para formar uma única fita"
2- Capela de vidro para celebrar o amor: Projeto do arquiteto chinês Yung Ho Chang, do atelier FCJZ, que a projetou pensando em um conceito de leveza e trasnparência. 
 3- Capela da Paz : Uma caixa iluminada, projeto de Manoel Coelho, para esse espaço ecumênico em Curitiba e que foi concebido “como um ato de reverência às fontes da criação”

4- Capela para abrigar a alma Uma união entre a cooperação de estudantes e aqueles que não podiam pagar por um projeto. E um projeto sustentável.
5- Capela do Bosque Sayama: Uma capela para celebrar a saudade e a reverência aos mortos. Localizada no cemitério Sayama, em Saitama, no Japão, o "projeto representa o caminho da vida, já que a referida necrópole é voltada para um público diversificado, sem levar em consideração sua religião.
6- Capela do MIT - Um clássico de Eero Saarinen que mostra que a Arquitetura não precisa de muitas explicações, o espaço fala por si.
7 - Capela do Centro de Reflexão e Encontro (CREU-IL) : Na cidade do Porto com projeto de Nuno Valentim, mostra que custos reduzidos não invalidam boas propostas. E de um simbolismo e leveza tocantes.

O sagrado, não importa como você o sinta, é uma parte importante de nossa cultura e de nossa história de seres que se sabem pequenos em um universo muito vasto. Cada um de nós a exprime de seu jeito particular. Ao meu ver, relembrar de nossa humanidade e de nosso papel na construção de um mundo mais generoso e acolhedor para todos já faz de nossas vidas uma celebração do divino. 


Nos siga também nas redes sociais

snapchat: arqsteinleitao  
  

Comentários
0 Comentários

Publicidade

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More