Publicidade

Postagem em destaque

10 Lições que aprendi na faculdade de Arquitetura

Recebo algumas correspondências falando de como os leitores gostaram dessa ou de outra postagem aqui do blog. E sempre fico super feliz! É ...

2014/12/28

Garantindo a independência com design inclusivo

Estava lendo um artigo muito interessante sobre Design Inclusivo e como vai além da Arquitetura e Acessibilidade quando me deparei com o projeto de inclusão que vou mostrar abaixo.

Me preocupo muito como o mundo da tecnologia e da Arquitetura vem evoluindo em muitos aspectos, mas deixando de ser acessível em outros. Já falei sobre isso em a tesoura e o design para idosos. Como vivemos mais e há uma forte (e saudável) tendência de integrar com autonomia as pessoas com alguma deficiência em nossa sociedade, nada mais natural e urgente que o Design - seja de produtos seja de morar e trabalhar siga algumas regras básicas como ser poder ser usado por várias pessoas, ser flexível no uso, ser SIMPLES e INTUITIVO (bom senso projetistas!!!!) e poder ser usado sem esforço físico.
Pois vejam essa adaptação feita pelo escritório LineSync para um jovem que ficou tetraplégico aos 26 anos. Um jovem artista que queria um casa que fosse a sua cara e que lhe permitisse viver com autonomia, mas que não contava com uma grande verba para isso. O resultado? Um projeto pragmático, criativo, funcional e que usa materiais de construção comuns. E que permite ao seu morador exercer as mais cotidianas funções como comer, dormir, tomar banho e viver de forma independente e com conforto.   

Comentários
1 Comentários

1 Opiniões:

Muito inspirador, morro de vontade de dar uma arrumada na minha casa

Publicidade

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More