11 de abr de 2011

Prata da Casa

Em um mundo de comunicação instantânea a estética, as vezes, tende a se uniformizar. Tudo fica com a mesma cara, seja aqui, seja acolá. Lançam-se tendências que são meramente copiadas em vez de interpretadas. E é nesse contexto que o ter cara própria tem ainda mais valor. Fiquei pensando nisso esse fim de semana ao ver os times locais apostarem na prata da casa (a vencedora é claro) para seus treinadores. Pessoas com carisma e história ligadas ao clube que simbolizam vitória, amor à camiseta, tem a alma do time. Com os produtos e arquitetura não é muito diferente. Saber mostrar sua história, afinando com as modernas tendências, atualizando linguagens próprias é um diferencial fantástico que faz toda a diferença no mercado. Abaixo alguns exemplos de design gaúcho e a revista Design RS para baixar.