Publicidade

Postagem em destaque

10 Lições que aprendi na faculdade de Arquitetura

Recebo algumas correspondências falando de como os leitores gostaram dessa ou de outra postagem aqui do blog. E sempre fico super feliz! É ...

2016/08/11

Puxadores - ou como fazer quando eles não são (tão) visíveis?

Móveis mais limpos, sem aquela sequência de puxadores, parecem ser uma tendência que veio e ficou. Eles tem vantagens de praticidade, de limpeza e, em alguns casos, de economia. Isso dependendo da quantidade e do tipo de puxador que seria usado. Sem esquecer obviamente do tipo e da qualidade das ferragens que pode tornar a escolha quase um empate.

Mas e como fazer quando a proposta é que eles, os puxadores, não estejam visíveis? E quer sair daquela manjada canaleta de alumínio?  
Fonte
 A solução mais clássica é a cava. Ou puxador de dedo. É quando a madeira tem um sulco ou reentrância para acomodar os dedos. É importante lembrar da espessura dos dedos e deixar espaço entre os negativos para que eles possam acessar a cava.
Fonte
Outras variações do mesmo tema, mostrando o negativo como parte integrante do puxador. 
Fonte
Outra ideia é assumir o puxador como um elemento de projeto e fazer dele um detalhe que marque o móvel.
Fonte

Fonte

 Ou simplesmente anexar vazios onde se possa abrir as gavetas. Eu gostava muito desse tipo de puxador. Fiz vários móveis assim ao longo da minha vida profissional. O único senão é o cuidado com a poeira...
fonte
O puxador calha um pouco mais pronunciado. Ele é mais simples de executar, mas temo um pouco pela manutenção.

Fonte
Nem tão econômicos, mas mais interessantes formalmente são os puxadores que sim, são visíveis, mas não salientes. Com mais detalhes, como os do detalhe acima, ou mais simples, como os da cômoda abaixo, ressaltam a beleza do móvel.  
Fonte
Ficam então as sugestões para que se pense com carinho nesses elementos que podem ser tão importantes no resultado final do seu mobiliário e espaço. 
Fonte
 Nos siga também nas redes sociais

snapchat: arqsteinleitao

Comentários
0 Comentários

Publicidade

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More