Publicidade

Postagem em destaque

10 Lições que aprendi na faculdade de Arquitetura

Recebo algumas correspondências falando de como os leitores gostaram dessa ou de outra postagem aqui do blog. E sempre fico super feliz! É ...

2016/04/13

Beijos - para todos os gostos e desejos

Beijar. Uma das melhores coisas da vida. Há os que dizem que uma das maiores provas de falta de amor, é a falta do beijo. Pode ser. 

Cada um de nós deve ter na memória seus beijos marcantes. O primeiro. O mais apaixonado. Quem sabe o último. O beijo é tão fundamental que além de ter dia (13 de abril) ainda é representado em várias formas de arte.

Talvez o mais vemos e que adorna várias paredes é o Beijo de Klimt.
Mas além dele temos várias outras opções de obras de arte que podem adornar nossas casas e vidas. Muitas são tão famosas que podemos vê-las em museus. E usar alguma de suas representações. 
O famoso beijo do fim da segunda guerra é um ícone da fotografia. Por muitos anos as pessoas que protagonizaram essa cena foram procuradas. Eram dois desconhecidos que foram tomados pela euforia de uma provável paz. Há os que dizem ter sido a cena posada. Se sim ou não, já não importa. Passou e passa o recado.
Rodin imortalizou uma cena amorosa em sua famosa escultura. 
Modernamente, simples traços podem expressar muito sentimento.
Na mesma linha de poucas imagens e muita informação, temos essa outra expressão de arte.
Colagens modernizam obras fotográficas e mostram que uma linguagem contemporânea pode mostrar toda a emoção de tanto tempo atrás. 
Sejam mais apaixonados...
Ou mais ternos....
O beijo está na nossa imaginação 
E principalmente na nossa maneira de expressar a arte que gostamos de ver.

Fonte das fotos (mais detalhes passe o mouse sobre a imagem)


Nos siga também nas redes sociais 
Twitter  Flipboard  Facebook  Instagram  Pinterest  snapchat: arqsteinleitao

Comentários
0 Comentários

Publicidade

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More