Publicidade

Postagem em destaque

10 Lições que aprendi na faculdade de Arquitetura

Recebo algumas correspondências falando de como os leitores gostaram dessa ou de outra postagem aqui do blog. E sempre fico super feliz! É ...

2008/04/18

Download gratuito de livro sobre coordenação modular

Introdução à coordenação modular no Brasil – Uma abordagem atualizada`, mais uma obra organizada com apoio do Programa de Tecnologia de Habitação (Programa Habitare), da Financiadora de Estudos e Projetos (Finep), está disponível para download gratuito no portal HABITARE (www.habitare.org.br )
“A coordenação modular, esta já antiga inovação, é cada vez mais necessária para que vários problemas sejam solucionados, do projeto dos componentes à manutenção das edificações”, avaliam os organizadores da publicação, Hélio Adão Greven (Arquiteto formado pela UFRGS, doutor em Engenharia pela Universidade de Hannover, professor aposentado do NORIE/ UFRGS, consultor da Finep.) e Alexandra Staudt Follmann Baldauf (Arquiteta formada pela UFRGS e mestre em Engenharia, com ênfase em coordenação modular).

O livro permite uma revisão da teoria da coordenação modular, metodologia que busca racionalizar a construção e para isso prioriza um sistema de medidas (o decímetro é o módulo-base adotado em todos os países do mundo, com exceção dos Estados Unidos, onde é 4 polegadas). A partir desse módulo-base, o sistema ordena a construção, desde a fabricação dos componentes, passando pelo projeto, execução e manutenção.

Vantagens

A coordenação modular permite redução de custos em várias etapas do processo construtivo, devido à otimização do uso da matéria-prima, à agilidade que confere ao processo de projeto ou compra dos componentes, ao aumento da produtividade e diminuição dos desperdícios e das perdas. Em função desses benefícios, está relacionada à sustentabilidade e à racionalização da construção civil. “De uma forma ampla, a coordenação modular pode ser entendida como a ordenação dos espaços na construção civil, de tal forma que a edificação é montada como um Lego”, exemplifica o professor Greven.

Com relação à sustentabilidade, a utilização da coordenação modular traz também melhor aproveitamento dos componentes construtivos e, em consequência disso, redução do consumo energético para sua produção. Facilita também a troca e a manutenção das edificações. A padronização dos componentes ainda viabiliza exportações, abrindo a possibilidade de circulação internacional dos produtos.

Fonte: Assessoria de Imprensa do Programa Habitare
www.habitare.org.br

Comentários
0 Comentários

0 Opiniões:

Publicidade

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More